0

Como parecer mais confiante durante uma conversa?

As pessoas bem-sucedidas costumam dizer que o grande segredo para o sucesso que alcançaram é a confiança que depositaram em si mesmas.

19 fev 2018
10h07
  • separator
  • comentários

Olá, Speakers! Tudo bem com vocês?

As pessoas que se definem como bem-sucedidas costumam dizer que o grande segredo para o sucesso que alcançaram é a confiança que depositaram em si mesmas ao longo da trajetória profissional.

Obviamente, é praticamente impossível sentirmos confiantes 100% do tempo, mas, em alguns momentos, como as entrevistas de emprego ou as reuniões de negócio, transmitir essa sensação de autoconfiança pode ser um diferencial.

Como costumo dizer por aqui, a oratória é uma grande aliada. E, na hora de demonstrar confiança, isso não é diferente. Com algumas dicas e truques de oratória, é possível parecer mais confiantes até mesmo em situações de puro estresse.

Confira essas dicas e saiba como controlar o nervosismo e parecer mais autoconfiante!

Foto: Divulgação

1. Fale mais devagar

A maioria das pessoas tendem a falar muito rápido quando se sentem ansiosas e, com esse pequeno deslize, acabam prejudicando a própria imagem, transmitindo uma sensação de pouca confiança em si mesmo e no que estão dizendo.

Seja numa entrevista de emprego, em alguma apresentação em público ou mesmo nas reuniões com seus clientes ou chefes, procure falar mais devagar. Dessa forma, as chances de que os outros entendam perfeitamente o que você está dizendo são muito maiores e não será difícil convencê-los sobre o que está sendo dito. Além disso, quando falamos com uma velocidade mais baixa, temos menos riscos de cometer erros de pronúncia ou deslizes gramaticais.

Fale devagar! Mostre que você não está com pressa para despejar no outro tudo o que você quer dizer, mas, sim, que está desfrutando da sua própria fala e que tem a segurança e a confiança necessárias para isso.

2. Use o silêncio a seu favor

Um dos principais conselhos dados por comunicadores de sucesso é justamente esse: saiba usar o silêncio! As pessoas tendem a achar que o silêncio é desconfortável. Elas até têm razão se, durante uma conversa, alguém ficar muito tempo sem falar nada, mas, na maioria das vezes, usar as pausas é uma excelente estratégia para transmitir confiança.

Quando estiver falando para um público ou mesmo naquelas situações que exigem uma conversa mais séria, procure incluir silêncios entre suas frases. Quando bem utilizadas, essas pausas ajudam a dar mais impacto ao que está sendo dito, ressaltando pontos importantes ou agregando emoção quando necessário.

3. Melhore sua postura

Uma boa comunicação não se concretiza apenas na linguagem verbal, mas também – e em grande parte – pela linguagem não verbal. Quando eu falo sobre “linguagem não-verbal”, Speakers, me refiro à postura, às expressões faciais e ao contato visual.

Durante uma apresentação em público ou nas conversas do seu dia a dia, dê atenção para o que você está dizendo através da sua postura. Ombros caídos, braços cruzados, olhos para baixo e pouca expressão facial tendem a projetar uma imagem negativa sobre você.

Ao contrário, quando você não desvia o olhar, mantendo contato visual, quando sorri e usa uma postura ereta, transmite a sensação de autoconfiança e, como consequência, tende a despertar o interesse das pessoas sobre aquilo que você está dizendo.

4. Gesticule!

Ainda sobre a linguagem não-verbal, saber gesticular é uma ferramenta essencial para transmitir confiança e fazer boas exposições orais. O que é preciso levar em consideração quando pensamos nos nossos gestos é a harmonia que devemos criar entre nossa fala e nossa gesticulação.

Os gestos são um acompanhante da nossa voz. Se estamos falando sobre algo que nos entusiasma, mostrar isso através dos movimentos de nossas mãos e braços pode ser uma excelente ideia.

Além disso, as pessoas que utilizam a gesticulação ativamente tendem a serem vistos como confiantes, desde que saibam manter a harmonia entre fala e gestos da qual acabamos de falar.

Se você se sente seguro, procure gesticular durante suas apresentações e conversas. Caso não saiba como fazer isso, opte por manter gestos mais discretos, mas evite deixar as mãos nos bolsos ou os braços cruzados.

5. Perca o medo de conversar!

No mundo de hoje, cada vez mais cresce a tendência em evitar conversas “face a face”. As pessoas têm substituído a comunicação direta por mensagens de textos, áudios ou outros recursos trazidos pelas redes sociais.

Contraditoriamente, a necessidade de saber se comunicar bem é um requisito para praticamente todas as profissões. Por isso, no seu cotidiano, não entre na moda do SMS e procure manter diálogos com as pessoas que estão próximas de você.

Dessa forma, com o passar do tempo, você se sentirá mais confiante para conversar e, quando surgirem momentos em que essa habilidade é primordial, você conseguirá transmitir essa confiança aos outros sem maiores problemas.

Fontes:

www.thespeaker.com.br

https://www.inc.com/jayson-demers/7-conversational-tricks-to-appear-more-confident.html

The Speaker

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade