0

Planeje apresentações vencedoras!

Se você quer que as suas falas sejam vencedoras, confira as informações que separamos neste artigo!

10 jun 2019
08h00
  • separator
  • comentários

Olá, Speaker!

São muitas as situações nas quais teremos que fazer uma apresentação ao longo da nossa vida. As primeiras são os trabalhos de escola, depois o TCC, as entrevistas de emprego, as reuniões de trabalho e/ou as negociações. Em meio a tudo isso, exposições orais sobre determinado assunto aparecerão de quando em quando.

As apresentações em público já não são mais restritas a quem trabalha diretamente com isso, como os palestrantes. Hoje, os profissionais de mais diversas áreas precisam contar com a habilidade de falar bem em público, já que terão que recorrer a ela inúmeras vezes.

Por essa razão, conhecer técnicas para impulsionar as apresentações é muito importante. Se você quer que as suas falas sejam vencedoras, confira as informações que separamos neste artigo!

Foto: Shutterstock

- Informe-se o máximo que puder sobre o tema

Apresentação vencedora é aquela que consegue trazer um impacto positivo para as pessoas que estão na plateia. Dependendo de qual é o contexto em que ela está inserida, também significa a concretização de um chamado call to action, que pode ser a compra de um produto, a contratação de um profissional ou serviço ou mesmo a mudança de hábito por uma causa específica.

De qualquer modo, para que sua exposição oral tenha sucesso, ao comunicador, cabe buscar o máximo de informações possíveis sobre o tema. Mesmo se for um especialista no assunto ou se abordar o mesmo tema de forma recorrente, é importante se manter sempre atualizado, visto que as informações mudam rapidamente hoje em dia. Também é essencial procurar saber qual é a opinião de outras pessoas, mesmo que sejam contrárias às nossas.

- Conheça o perfil do público e as características do evento

Tão importante quanto aprofundar no tema do qual iremos falar é o cuidado de conhecer o nosso público. Afinal, as características desse público interferem em algumas decisões que teremos que tomar, como, por exemplo, qual linguagem usar, o grau de formalidade, que tipo de recurso visual é o mais interessante, entre outras.

Procurar saber, pelo menos, o mínimo sobre o público é um cuidado importante para planejar uma apresentação vencedora e, sobretudo, evitar constrangimentos. Se a sua apresentação fará parte de um evento, procure conhecer a programação com antecedência, evitando escolher temas repetidos ou muito fora do contexto.

- Tenha uma introdução chamativa e uma conclusão marcante

Toda a apresentação é importante e tudo o que falarmos durante esse tempo terá algum impacto positivo ou negativo, em maior ou menor proporção. No entanto, não é exagero dizer que a introdução e a conclusão são momentos cruciais de uma exposição oral.

Nos primeiros segundos, a audiência já tira uma série de conclusões, avaliando a imagem que o comunicador transmite logo de entrada e mesmo se a apresentação será ou não interessante. Para conquistar a atenção do público, planejar uma boa introdução é indispensável.

A conclusão, por sua vez, deve estar em harmonia com a introdução. Se você decidiu começar a sua fala contando uma história, por exemplo, uma boa ideia é terminar de contá-la na conclusão. Importante destacar que a conclusão é um momento propício para elevar o grau de emoção da sua fala, tornando-a vencedora e inspiradora para os demais.

- Esteja atento à sua linguagem não-verbal

Em uma apresentação vencedora, o comunicador atua como um líder: inspira, convence, transmite confiança e entusiasmo.

Para que isso aconteça, a linguagem não-verbal desse comunicador tem grande influência, afinal, como eu costumo dizer aqui na The Speaker, a forma como se expressar algo é tão importante quanto o que se diz.

Por mais que você dedique horas do seu tempo planejando o conteúdo da sua fala, buscando informações interessantes e pensando em introduções ou conclusões marcantes, o resultado não será o mesmo se você não conseguir utilizar a sua linguagem não-verbal de uma forma eficiente.

Em outras palavras, o contato visual, o jeito de gesticular, a postura e o uso da voz também precisam ser levados em consideração. Só assim uma apresentação será vencedora e o comunicador alcançará os objetivos que deseja.

 

Dúvidas sobre comunicação e oratória? Entre em contato com a nossa equipe!

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

The Speaker
  • separator
  • comentários
publicidade