0

Faça uma apresentação dinâmica, interessante e envolvente

Conheça algumas técnicas que são altamente eficientes para envolver do início ao fim.

8 ago 2019
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Notícias atualizadas a todo segundo. Mensagens de chats. Likes nas redes sociais. São muitas as distrações que as pessoas têm no seu cotidiano. Afinal, com poucos cliques, há um universo virtual ao qual costumamos dedicar muito tempo dos nossos dias.

Durante uma apresentação em público – e também em outros tipos de situações de exposição de fala –, o comunicador tem o desafio de ser mais interessante do que essas tais distrações e conseguir reter a atenção da sua audiência desde os primeiros minutos até o final da sua fala.

Como lograr esse objetivo? Planejando uma apresentação que seja, ao mesmo tempo, dinâmica, interessante e envolvente. Para isso, existem algumas técnicas que são altamente eficientes. Na nossa conversa de hoje, falo sobre elas. Confira!

Foto: Shutterstock

Tenha um conteúdo atualizado, inovador e interessante

Falar “mais do mesmo” definitivamente não é algo que torna uma apresentação mais envolvente para o público. Ao contrário, um conteúdo inovador, que propõe uma abordagem diferenciada sobre algum tema específico, tem muito mais chances de chamar e reter a atenção da plateia.

Por isso mesmo, não poupe esforços para pesquisar sobre o assunto do qual falará em sua próxima apresentação. Reveja conceitos, busque fatos interessantes e não tão conhecidos, traga opiniões de especialistas e inclua argumentos fortes (seja para concordar com eles ou para tentar refutá-los).

Mesmo que você se considere um especialista no tema da sua apresentação, é importantíssimo se atualizar sobre ele antes de uma exposição oral, como forma de atualizar o seu próprio leque de informações e encontrar dados, histórias e personagens que torne o seu conteúdo mais envolvente para o público.

Pense na melhor forma de transmitir esse conteúdo

Pronto! Você já fez uma pesquisa aprofundada sobre o seu tema, encontrou dados interessantes e histórias que se encaixam no que você deseja abordar. Mas como transmitir tudo isso para a sua plateia?

A forma como apresentamos um conteúdo é tão importante quanto esse conteúdo em si. Por essa razão, nas etapas de preparação para a sua fala, busque meios interessantes de abordar os dados, informações e opiniões que deseja. Você pode, por exemplo, utilizar a tecnologia a seu favor.

O importante é ter em mente que jogar tudo em slides e apenas ler dados e números não é mais suficiente. É preciso inovar, se dedicar e encontrar a melhor estratégia de acordo com o perfil do seu público e das características do contexto no qual a sua apresentação está inserida.

Crie interação com o público

Uma das técnicas que tem se mostrado mais eficiente para reter a atenção das pessoas durante uma apresentação é criar interação com o público. Afinal, o conceito de comunicação como algo estático e unilateral – onde apenas o comunicador fala e os demais o escutam passivamente – já foi desmentido.

A comunicação é uma troca e interagir com o público é uma forma de utilizar esse aspecto a nosso favor. Existem diversas formas para interagir com o público e mesmo as mais simples acabam sendo altamente eficientes para reter a sua atenção.

Alguns exemplos de interação com o público são: criar um quiz de perguntas e respostas logo no início da apresentação; propor perguntas que podem ser respondidas com SIM e NÃO, sendo que, para dizer SIM, basta levantar as mãos, por exemplo; destinar um tempo entre tópicos para que as pessoas façam anotações e avisá-las sobre isso logo nos primeiros minutos.

Conte uma história!

Se o assunto são técnicas e estratégias para reter a atenção de uma audiência, contar uma história deve – sim ou sim – estar entre elas. E por vários motivos.

O primeiro deles é que a técnica de contar uma história (story telling) pode ser aplicada em praticamente todos os tipos de apresentações em público, seja qual for o tema em questão e a área na qual se inclui.

Outra razão é o fato de que nós, seres humanos, adoramos histórias! A paixão por séries de TV é um bom exemplo disso. Ao contar a história de alguém, de alguma comunidade ou mesmo compartilhar uma experiência pessoal, o comunicador gera mais empatia e logra se aproximar mais daqueles que o escutam.

Começar a contar uma história, ainda na introdução da sua exposição oral, e terminá-la na conclusão é um dos métodos mais eficazes para que sua fala seja interessante e dinâmica durante todo o tempo.

 

Para aprimorar suas apresentações em público e o modo como se comunica com os demais no dia a dia, considere fazer um treinamento em oratória!

 

Fonte:

https://www.thespeaker.com.br/comunicadores-sucesso/

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade