2 eventos ao vivo

Como ensaiar um discurso?

Neste artigo, explico qual é a maneira adequada de preparar e ensaiar um discurso. Confira!

6 nov 2019
07h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Quantas vezes você ensaia seu discurso? E como você faz esses ensaios?

Essas são perguntas importantes, já que a qualidade e a quantidade dos ensaios têm impactos no dia em que você irá discursar e, mais que isso, na naturalidade com que transmitirá o conteúdo que preparou.

O fim de ano está chegando e, com ele, os eventos da empresa, as formaturas, confraternizações em família... nessas ocasiões, você pode ser convidado a discursar e precisa estar preparado, não é?

Pensando nisso, neste artigo, explico qual é a maneira adequada de preparar e ensaiar um discurso. Confira!

Foto: Shutterstock

Defina qual é o seu objetivo principal ao discursar!

Antes de sequer pensarmos no conteúdo do nosso discurso, é fundamental termos bem claro qual é o nosso objetivo principal ao discursar. É emocionar? É fazer um balanço dos resultados deste ano que se termina? É apresentar metas para o ano seguinte?

Baseando-nos nesse objetivo principal, é que definiremos o nosso conteúdo e, mais que isso, a melhor forma de apresentá-lo para alcançarmos os resultados esperados.

Elabore o seu conteúdo!

Definido o objetivo principal, é hora de escrever o discurso. Primeiro, selecione informações e dados que você deseja abordar. Depois, organize tudo isso de uma forma que cada tópico esteja relacionado com os demais, garantindo uma progressão lógica. Uma boa ideia é dividir o seu discurso em introdução, desenvolvimento e conclusão, atentando-se para as especificidades de cada um desses momentos.

Introduções e conclusões são mais emotivas. Por isso, pense em formas envolventes de começar e de terminar o seu discurso. Deixe dados numéricos e temas mais complexos para o desenvolvimento, sempre zelando por uma fala concisa e bem elaborada.

Faça leituras silenciosas e, depois, leituras em voz alta!

Leituras silenciosas do seu discurso são importantes. Nesse passo, você pode identificar se há informações faltantes ou desnecessárias. Pode reorganizar trechos que considera confusos e ir lapidando todo o seu discurso para que seja aquele que você quer transmitir aos demais.

Depois disso, é hora de fazer leituras em voz alta. Muitos speakers deixam esse passo de lado, o que é um grande erro. Leituras em voz alta permitem identificar vícios de linguagem, como as cacofonias ou repetições excessivas de palavras em frases próximas. Além disso, nas primeiras leituras em voz alta, você pode definir o seu ritmo e velocidade de fala, cronometrando o tempo total do seu discurso.

Faça alterações necessárias!

Terminar de escrever o seu discurso não significa que ele está definitivamente pronto. Depois das leituras silenciosas e em voz alta, provavelmente haverá mudanças a serem feitas. Dedique um tempo para fazer os ajustes necessários, iniciando as etapas de preparação para o seu discurso com antecedência.

Não tenha receio de alterar o seu discurso quantas vezes julgar necessárias. É melhor fazer isso do que insistir em um conteúdo que não está 100% como você deseja e, depois, se arrepender por não ter aproveitado a oportunidade de falar tudo o que gostaria em seu discurso.

Pense em sua linguagem não-verbal!

Depois de dar a devida atenção ao conteúdo, é imprescindível pensar na forma como esse conteúdo será apresentado. Você vai ler o seu discurso inteiramente ou irá recorrer a notas curtas? Usará um teleprompter? É necessário pensar em tudo isso.

Seja qual for a forma que escolher, entender que a dinâmica não-falada também fará parte da comunicação com as pessoas que o escutam é essencial. Por isso, pratique gestos, pense em como fará contato visual com seu público, planeje pausas entre tópicos e esteja atento para a sua postura.

Pratique para amigos, familiares ou para a câmera!

Ouvir a opinião de terceiros é importante. Por isso mesmo, discurse para amigos ou familiares e escute a opinião dessas pessoas. Se não puder fazer isso, uma opção interessante e eficaz é fazer um vídeo com a câmera do seu celular e assistir a esse material depois, procurando identificar aspectos que podem ser melhorados e aprimorados antes do dia do seu discurso.

 

Situações de exposição de fala, como os discursos, demandam um tempo de dedicação e de prática. Lembre-se disso e dedique esse tempo para atingir os objetivos que deseja! Se precisar de ajuda, fale com a nossa equipe de especialistas!

 

Fonte:

https://www.thespeaker.com.br/roteiro-apresentacao-oratoria/

https://www.thespeaker.com.br/escrever-ensaiar-discurso/

The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade