PUBLICIDADE

Vice-ministro das Finanças japonês diz estar pronto para reagir se houver excesso de volatilidade cambial

28 fev 2024 - 21h07
Compartilhar
Exibir comentários

O vice-ministro das Finanças para Assuntos Internacionais do Japão, Masato Kanda, disse nesta quarta-feira que as autoridades estavam prontas para tomar as medidas adequadas caso fossem observadas movimentações excessivas no mercado de câmbio.

"Não vou comentar sobre as recentes movimentações cambiais. Mas é desejável que as taxas de câmbio se movimentem de forma estável, refletindo os fundamentos", disse Kanda a repórteres à margem da reunião dos líderes financeiros do G20 em São Paulo.

"Estamos observando os movimentos da moeda com um forte senso de urgência e prontos para responder adequadamente se observarmos movimentos excessivamente voláteis", disse ele.

O iene tem o pior desempenho entre as demais moedas principais neste ano, conforme fundos e outros têm negociado com base na enorme diferença entre as taxas de juros dos EUA e do Japão e no rendimento dos títulos, apostando que ela persistirá.

Até o momento, o iene tem baixa de 6% de seu valor em relação ao dólar este ano, ficando próximo das menores cotações pós-1990.

Kanda está participando da reunião do G20 em nome do ministro das Finanças, Shunichi Suzuki.

Ele disse que informou ao G20 que os formuladores de política monetária devem estar atentos ao risco de aumento da volatilidade nos mercados financeiros, incluindo os mercados de câmbio.

Ele também afirmou que disse ao grupo que era importante manter o compromisso do G20 de que a volatilidade excessiva da moeda era indesejável.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade