PUBLICIDADE

CORREÇÃO-Vale diz que decisões judiciais restabeleceram licenças de minas no Pará

26 fev 2024 - 18h25
(atualizado às 21h37)
Compartilhar
Exibir comentários

A Vale informou nesta segunda-feira que decisões judiciais restabeleceram as licenças das minas de Sossego, de cobre, e Onça Puma, de níquel, que haviam sido suspensas pela Secretaria do Meio Ambiente do Pará (Semas) na semana passada.

O restabelecimento ocorreu por meio de decisões liminares pela 1ª Vara Cível de Canaã dos Carajás, no caso de Sossego, e Vara Cível de Ourilândia do Norte, no de Onça Puma, segundo a companhia.

"Sem prejuízo, a companhia reitera seu compromisso de manter diálogo com as autoridades competentes", afirmou a empresa em comunicado ao mercado.

A Semas havia informado na semana passada que a suspensão das licenças ambientais dos empreendimentos ocorreu por "inconformidade nos relatórios de informação ambiental anuais e no descumprimento de ações de mitigação de impactos decorrentes das atividades de mineração, resultando em conflitos com comunidades próximas à área de influência dos empreendimentos".

Em nota na semana passada, a Vale reforçou o cumprimento de condicionantes e controles socioambientais de suas atividades conforme a legislação.

A Semas não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade