PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Pedidos de visto aprovados para os EUA batem recorde histórico

Aumento histórico de vistos americanos aprovados para trabalhadores brasileiros revela mudanças no perfil dos imigrantes

20 abr 2024 - 06h10
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O número de vistos para imigração brasileira para os Estados Unidos cresceu expressivamente, sobretudo para profissionais altamente qualificados. Para o advogado especialista em Direito Internacional, esses imigrantes buscam não apenas uma vida melhor, mas também oportunidades de expanção e desenvolvimento de negócios.
Foto: Adobe Firefly

A imigração brasileira para os Estados Unidos está tomando um novo rumo, com um crescimento expressivo no número de vistos concedidos a profissionais altamente qualificados. Em 2023, observou-se um aumento de 20% em relação ao ano anterior, totalizando mais de dois mil vistos. Este crescimento é ainda mais evidente no visto EB-2, destinado a indivíduos com formação acadêmica avançada ou habilidades excepcionais nas áreas de negócios, ciências ou artes. 

Dados levantados pelo Serviço de Imigração e Cidadania dos EUA - USCIS, apontam que desde 2017, o número de concessões desse tipo de visto saltou de 212 para 1988, refletindo uma alta de 837,7%.

Perfil dos imigrantes

Daniel Toledo, advogado que atua na área do Direito Internacional, explica que os brasileiros estão em busca de uma nova vida nos Estados Unidos. E esses, tendem a ser profissionais bem-sucedidos, com uma formação acadêmica sólida. 

“A maioria desses imigrantes tem entre 30 e 45 anos, possuem uma vida familiar estabelecida e contam com, pelo menos, um diploma de bacharelado”, revela. 

A comunidade brasileira nos EUA é a maior fora do Brasil, com aproximadamente 1,9 milhão de pessoas.

Toledo acredita que muitos profissionais brasileiros são atraídos pelos Estados Unidos devido às oportunidades de exercer suas profissões em um ambiente considerado mais seguro e estável. 

“Além disso, áreas específicas como as de ciência, tecnologia, engenharia e matemática são altamente incentivadas pelo governo americano, que vê esses profissionais como essenciais para o crescimento econômico do país”, pontua.

Empreendedorismo e oportunidades de negócios

Aproximadamente 30% dos profissionais brasileiros que migram para os EUA possuem seu próprio negócio. 

“Esses empreendedores buscam não apenas uma nova vida, mas também a chance de expandir e desenvolver seus negócios em um mercado com legislações maduras e relações jurídicas sólidas. A possibilidade de trabalhar em um ambiente econômico já estabelecido é um grande atrativo”, declara.

Além do visto EB-2, há uma ampla gama de categorias de vistos que atendem a diferentes perfis e necessidades dos imigrantes brasileiros. O visto EB-1, por exemplo, é destinado a indivíduos com habilidades extraordinárias em suas áreas. 

“Essa diversidade nos tipos de vistos permite que uma variedade maior de profissionais qualificados possa encontrar caminhos legais para trabalhar e viver nos Estados Unidos, com critérios específicos que refletem o nível de expertise e contribuição potencial ao país”, relata.

Para o especialista em Direito Internacional, a nova onda de imigração de profissionais qualificados do Brasil para os Estados Unidos mostra uma mudança significativa no perfil dos imigrantes. 

“Com oportunidades de crescimento profissional e pessoal, esses indivíduos estão fazendo contribuições valiosas para a economia americana, ao mesmo tempo que enfrentam os desafios de se adaptar a uma nova cultura e sociedade”, finaliza.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade