PUBLICIDADE

Nubank vê caminho para se tornar uma das maiores plataformas de comércio de América Latina, diz CEO

15 mai 2024 - 10h51
(atualizado às 10h54)
Compartilhar
Exibir comentários

O Nubank vê espaço para expandir em outras áreas que vão além dos serviços financeiros e se tornar uma das maiores plataformas de comércio de América Latina, disse o fundador e CEO do banco digital, David Vélez, nesta quarta-feira.

Segundo Vélez, o marco alcançado este mês de 100 milhões de clientes em suas operações no Brasil, México e Colômbia é um número "pequeno" dadas as oportunidades que o Nubank tem como empresa. Ele citou, entre as possibilidades, setores que vão do comércio eletrônico à saúde.

Os comentários foram feitos durante evento com jornalistas na sede da empresa em São Paulo.

O Nubank divulgou na véspera um salto de mais de 160% no lucro líquido do primeiro trimestre no comparativo anual, para 378,8 milhões de dólares. Em base ajustada, o lucro atingiu 442,7 milhões de dólares, avanço de 143% na mesma comparação.

Analistas esperavam, em média, lucro de 404,8 milhões de dólares, segundo dados da LSEG.

Relatório do Santander destacou que o Nubank "apresentou mais um trimestre de crescimento nos lucros, combinado com tendências positivas de expansão dos negócios".

"Entretanto, a qualidade dos ativos foi um ponto negativo, na nossa visão, e isso pode suscitar algumas preocupações quanto à deterioração da qualidade de crédito nos próximos trimestres."

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade