PUBLICIDADE

Ibovespa avança com endosso de NY; Assaí sobe após balanço

22 fev 2024 - 10h07
(atualizado às 11h04)
Compartilhar
Exibir comentários

O Ibovespa ensaiava a sexta alta seguida nesta quinta-feira, endossado pelo viés positivo dos futuros acionários norte-americanos, com Assaí entre os destaques positivos após resultado trimestral acima das expectativas.

Às 10:37, o Ibovespa subia 0,44%, a 130.607,81 pontos. O volume financeiro somava 2,46 bilhões de reais.

Em Wall Street, os futuros sinalizavam uma abertura em alta das bolsas norte-americanas, embalados pela repercussão aos resultados e previsões da Nvidia.

A equipe da Guide Investimentos chamou a atenção para o efeito Nvidia nos mercados, afirmando que os números divulgados pela fabricante de chips evidenciam o otimismo crescente em relação ao setor de inteligência artificial.

No mercado de dívida, o rendimento do título de 10 anos do Tesouro dos Estados Unidos marcava 4,3424%, de 4,323% no fechamento da quarta-feira, com dados econômicos dos Estados Unidos também no radar.

DESTAQUES

- ASSAÍ ON subia 2,51%, a 14,68 reais, após divulgar que seu lucro líquido recuou 26,8% ano a ano no quarto trimestre, para 297 milhões de reais, pressionado pelo resultado financeiro. Ainda assim, ficou acima da expectativa média de projeções de analistas compiladas pela LSEG, de 286,2 milhões de reais. Na máxima, os papéis chegaram a 15,08 reais. No setor, CARREFOUR BRASIL ON avançava 3,27%.

- GPA ON caía 0,94%, a 4,23 reais, em meio à análise do prejuízo líquido consolidado de 303 milhões de reais no quarto trimestre do ano passado do varejista, divulgado no fim da noite de quarta-feira, em resultado que mostrou despesas avançando em ritmo mais rápido que as receitas ante o mesmo período de 2022. Considerando as operações continuadas do grupo, a companhia teve prejuízo líquido de 87 milhões de reais.

- VALE ON subia 1,74%, a 67,67 reais, antes da divulgação de seu resultado trimestral após o fechamento do mercado, com agentes também atentos a eventuais notícias relacionadas ao comando da mineradora. Na noite da véspera, a companhia informou sobre a suspensão de sua licença para operar a mina do Sossego, em Canaã dos Carajás, da subsidiária Vale Metais Básicos. Nesta manhã, informou sobre a suspensão da licença da mina Onça Puma. A Vale também anunciou parceria com a Anglo American no complexo Minas-Rio. Na China, contrato futuro de minério de ferro mais negociado na Dalian Commodity Exchange encerrou o dia com queda de 1,49%.

- PETROBRAS PN avançava 0,14%, a 42,57 reais, em meio à fraqueza dos preços do petróleo no exterior, onde o barril de Brent cedia 0,3%, a 82,78 dólares.

- ITAÚ UNIBANCO PN ganhava 0,16%, a 34,41 reais, enquanto BRADESCO PN subia 0,43%, a 13,98 reais.

- LIGHT ON, que não faz parte do Ibovespa, caía 0,87%, a 5,70 reais, após a elétrica divulgar na noite de quarta-feira os termos e as condições que vêm sendo negociadas com seus principais credores para construir uma nova proposta no âmbito da recuperação judicial. A companhia disse que houve melhora "drástica" em relação à proposta inicial e que não haverá haircut de sua dívida, que soma 11 bilhões de reais.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade