PUBLICIDADE

Hidrogênio verde, biocombustíveis e captura de carbono são negligenciados, diz CEO da ExxonMobil

Em entrevista o jornal britânico Financial Times, executivo criticou o excesso de foco na COP-28 em relação a energias renováveis

2 dez 2023 - 11h42
(atualizado em 4/12/2023 às 15h32)
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente da gigante petroleira ExxonMobil, Darren Woods, criticou o foco das negociações sobre as mudanças climáticas na COP-28 em relação à transição energética estarem atreladas apenas às "soluções elétricas". Em entrevista ao jornal britânico Financial Times, o executivo afirmou que as discussões sobre o tema têm negligenciado as possibilidades em torno dos biocombustíveis, do hidrogênio e sobre as tecnologias de captura de carbono.

O executivo da petroquímica participará pela primeira vez da Cúpula do Clima da ONU (COP-28), realizada este ano em Dubai, nos Emirados Árabes, junto de nomes como o rei Charles, o papa Francisco e membros da comunidade internacional que buscam soluções para os avanços do aquecimento global.

Além do CEO da ExxonMobil, executivos ligados ao petróleo como Vicki Hollub, da Oxy, Claudio Descalzi, da ENI, e Markus Krebber, da RWE, também marcarão presença na conferência do clima.

"A transição não se limita apenas a energia eólica, solar e veículos elétricos. A captura de carbono terá um papel importante. Somos bons nisso. Sabemos como fazer isso e podemos contribuir. O hidrogênio terá um papel importante. Os biocombustíveis terão um papel importante", disse Woods na entrevista.

Estadão
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade