PUBLICIDADE

Amortização: como reduzir suas dívidas com planejamento

Quem tem dívidas no longo prazo pode se beneficiar com a amortização; veja dicas de especialista para se planejar

28 jan 2023 - 06h00
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock

Quem tem dívidas parceladas, principalmente no longo prazo, como financiamento de imóvel ou veículo, pode se beneficiar ao conseguir uma amortização, reduzindo assim o valor total pago. 

Veja como funciona e quando vale a pena procurar uma amortização, com informações do educador financeiro Lucas Silva

  • • O que é a amortização de dívidas: A amortização é a redução de dívida por meio de pagamento parcial ou gradual acertado entre as partes. Ou seja, é o processo que reduz o valor total de um empréstimo. 
  • • Uma dica ao planejar uma amortização é, sempre que possível, buscar reduzir o prazo de pagamento. Isso porque com um prazo menor, o montante total de juros a ser pago será menor. 
  • • Em alguns casos, pode valer a pena fazer a amortização com recursos próprios. A depender das condições, é possível também tomar um empréstimo para fazer a amortização. Entenda abaixo. 

Para fazer a amortização é preciso ter muito dinheiro? 

Não existem regras para a amortização. Com recursos próprios é possível amortizar a qualquer momento, desde que o valor que se tem disponível por mês seja no mínimo o de uma parcela da dívida correspondente. 

Mas atenção: é importante se planejar financeiramente para que a antecipação não se torne uma dívida maior no futuro.

Quando vale a pena procurar uma amortização com recursos próprios? 

A amortização vale a pena quando não é possível usar o dinheiro de forma mais vantajosa. 

“Ao ter um valor a mais, um dos primeiros pensamentos de quem tem uma dívida grande é pagar o maior valor possível. Contudo, é preciso analisar se o desconto oferecido é maior que o valor que o comprador poderia ganhar se investisse essa quantia”, explicou Silva. 

Outro caso em que a amortização vale a pena é quando as parcelas começam a prejudicar o orçamento familiar. Dessa forma, quitar algumas dívidas e diminuir os juros pode dar um pouco mais de fôlego financeiro e ajudar na organização das finanças. 

“Essas são apenas algumas sugestões, mas é importante destacar que isso são decisões pessoais que variam de acordo com cada pessoa. Há quem prefira amortizar uma dívida - mesmo que essa não seja a opção mais vantajosa - para se sentir mais seguro”, afirmou o educador. 

Quando vale a pena tomar um empréstimo para amortizar uma dívida? 

Tomar um empréstimo para amortizar uma dívida pode ser uma boa opção se a taxa de juros do empréstimo for menor do que a taxa de juros da dívida atual. 

“Isso permitirá que você pague menos juros ao longo do tempo e possa pagar a dívida mais rapidamente. No entanto, é importante considerar se você realmente poderá pagar as parcelas do empréstimo e se as condições do empréstimo são favoráveis”, recomendou Lucas Silva. 

Por isso, antes de tomar uma decisão, é recomendável consultar um especialista financeiro para avaliar sua situação financeira individual e verificar se essa é a melhor opção. 

Redação Dinheiro em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade