PUBLICIDADE

Como armazenar criptoativos com segurança de verdade

Britânico perdeu HD com milhões em Bitcoin: saiba como evitar que isso aconteça com você

14 ago 2022 - 02h00
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock

Recentemente, o mundo ficou perplexo com a notícia do britânico James Howells que jogou no lixo um HD com 8 mil Bitcoins. Os criptoativos valem cerca de R$ 11,bilhão de reais e James pediu permissão das autoridades para escavar o aterro sanitário para tentar achar o aparelho, mas por enquanto sem sucesso. Esse erro milionário nos faz refletir sobre a importância de armazenar corretamente os criptoativos, deixando-os seguros.

Assim como a maioria das pessoas não deixa seus cartões de crédito, dinheiro e investimentos espalhados por aí e o mesmo princípio é válido para as criptmoedas. Com o preço do Bitcoin acima de R$ 120 mil e do Ethereum chegando a quase R$ 8 mil, as moedas digitais devem ser armazenadas para que não sejam perdidas, ou pior, roubadas. E é aí que entram as carteiras digitais, que também são conhecidas como e-wallets.

O que são carteiras digitais para criptos?

Diferentemente do dinheiro em uma conta bancária tradicional, na qual a conta possui um número e pertence a um titular, as criptomoedas não precisam de uma estrutura semelhante para serem armazenadas. As carteiras digitais funcionam como uma interface que interage com a Blockchain e são um mecanismo que permite armazenar criptomoedas e realizar transferências pelo celular ou computador. A

s carteiras digitais são, normalmente, um software ou um hardware que permitem um usuário guardar seu montante em criptos de forma segura e eficaz, protegendo assim suas criptomoedas.

Como elas funcionam?

A carteira virtual, na verdade, não guarda as moedas digitais em si. Ao invés disso, armazena apenas os registros dos detalhes das transferências que trader realizou, incluindo o endereço de origem e de destino de cada uma delas.

Neste caso, o saldo da carteira sempre se atualiza logo que o investidor fez uma transferência. A e-wallet é importante porque guarda a chave privada, com a qual você pode fazer transações com suas criptos.

Existem várias wallets disponíveis no mercado e com diferentes funcionalidades, fatores de segurança, conveniência, acessibilidade e disponibilidade, portanto existem carteiras melhores do que outras para diferentes propósitos.

Hot Wallet

As “carteiras quentes” estão conectadas à internet 24 hors por dia. Normalmente podem ser instaladas no celular (que tambmbém pode ser chamada de mobile wallet) ou no computador. Com uma carteira virtual quente, o trader pode realizar trades de criptomoedas. Na maior parte das vezes, a hot wallet é um aplicativo no qual o trader tem acesso aos seus ativos e quanto pode negociá-los (na compra ou na venda). É quase como um app de um banco.

A vantagem desse tipo de carteira é que dá para fazer as negociações do dia a dia, como comprar algo em lojas físicas ou virtuais (se os estabelecimentos aceitarem criptomoedas como pagamento), pagar contas e comprar ou vender criptomoedas de forma praticamente instantânea.

Cold Wallet (Carteira Fria)

No caso das “carteiras frias”, é possível traçar um paralelo com as poupanças. Por não estarem conectadas à internet, é preciso usar dispositivo físico, como pen drive, que será plugado ao computador quando for preciso usá-lo. Desta forma, é bem mais seguro, pois a invasão de hackers se torna mais difícil. 

As cold wallets também são conhecidas como paper twallets e, como o próprio nome diz, é uma carteira de papel, ou seja, ela é física, podendo ser escrita literalmente em papel em uma forma de códigos QR.

Geralmente elas são utilizadas para armazenar uma grande quantidade de dinheiro que não será movimentada com frequência. A paper wallet teria sido uma boa opção, por exemplo, para o britânico armazenar suas mais de 8 mil bitcoins. Como a grande maioria dos ataques de hackers é realizada pela internet, as paper wallets são ótimas alternativas para dar mais segurança aos investidores. O funcionamento de uma carteira de papel pode ser aplicado a qualquer criptomoeda que utilize uma Blockchain ou uma tecnologia similar.

Web wallet

Esse tipo de hot wallet fica armazenada na nuvem e pode ser acessada por meio de qualquer dispositivo que se conecte a uma página web. São mais fáceis e simples de serem utilizadas, mas menos seguras, já que armazenam as chaves privadas do usuário no servidor da carteira, ou seja, o controle dos fundos não está diretamente com o usuário, estando mais suscetível a ataques de hackers e roubos.

Outra vantagem das wallets é que elas permitem o armazenamento de várias criptos com um par de chaves para cada criptomoeda. Além disso, as carteiras digitais aceitam o backup, ou seja, é possível restaurar os criptoativos armazenados. Porém, o investidor precisa guardar muito bem as palavras de recuperação, ou seed words, já que elas são responsáveis pela realização do backup dos ativos. 

Se o usuário perder seu celular com sua Mobile Wallet ou sua Paper Wallet for destruída, por exemplo, ele conseguirá recuperar facilmente com essas palavras de backup.

Desktop

É um software baixado e instalado no computador do usuário que não é acessível pela internet, ou seja, só pode ser utilizada no computador onde o software está instalado. Esse software deve ter acesso à Internet para conseguir entrar na carteira e realizar as transações de criptomoeda. Se o computador onde o software está instalado sofrer ataques de hackers, os fundos da carteira podem ser comprometidos.

Os traders têm perfis diferentes e investimentos variados, portanto, é crucial identificar qual wallet são ideais para suas necessidades. Além disso, os investidores devem escolher muito bem qual exchange eles irão utilizar para realizar o trading de seus criptoativos: ela deve ser de confiança, com solidez no mercado, acessível, com preços justos e boas taxas. 

Existem inúmeras empresas no mercado, uma delas é a NovaDAX, exchange brasileira relacionada a criptoativos que possui grande número de pares com BRL do mercado e conta com um portfólio diversificado com mais de 150 criptomoedas.

As carteiras digitais proporcionam uma maneira mais segura, prática e fácil de lidar e armazenar criptomoedas. O fato é que é eu não consigo viver sem as minhas carteiras digitais: segurança e praticidade são essenciais para que acidentes milionários como o ocorrido com o britânico não aconteçam com outros traders. E você, já escolheu a sua carteira e exchange.

(*) César Felix é gerente de Customer Experience da NovaDAX, exchange brasileira que oferece serviços relacionados a criptoativos de alta liquidez, taxas baixas e alta proteção.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade