9 eventos ao vivo

Brasil abre mercado para exportar carne bovina e miúdos à Tailândia, diz ministério

25 mai 2020
20h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil recebeu a aprovação da Tailândia para começar a exportar carne bovina com osso, dessossada e miúdos ao país, informou o Ministério da Agricultura nesta segunda-feira.

Vista de um frigorífico. 11/5/2020. REUTERS/Agustin Marcarian
Vista de um frigorífico. 11/5/2020. REUTERS/Agustin Marcarian
Foto: Reuters

Inicialmente, cinco frigoríficos foram habilitados para embarcar a proteína ao país asiático. Segundo o ministério, as unidades estão localizadas nos Estados do Pará, Rondônia, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A Minerva disse à Reuters que teve uma unidade em Palmeiras de Goiás (GO), com capacidade de abate de cerca de 2000 cabeças por dia, habilitada. Trata-se da maior unidade da empresa no Brasil.

As concorrentes que também atuam na área de carne bovina no país, JBS e Marfrig, não responderam imediatamente ao pedido de comentários.

Na semana passada, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, anunciou a abertura do mercado tailandês para lácteos produzidos no Brasil.

"A abertura desse mercado de carne bovina e derivados tem potencial de 100 milhões de dólares nos próximos anos", disse em nota o secretário de Comércio e Relações Internacionais da pasta, Orlando Leite, sem dar mais detalhes.

Segundo o comunicado, a Tailândia importou em 2019 cerca de 90 milhões de dólares em carne bovina do mundo todo. A Austrália participou da metade desse valor, em função de acordo de livre comércio entre os dois países que reduz tarifas de embarque.

Veja também:

Polícia investiga ação do PCC nas eleições em SP
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade