PUBLICIDADE

BC da China mantém taxa de juros de instrumento de empréstimo de médio prazo

15 mai 2024 - 07h33
Compartilhar
Exibir comentários

O banco central da China deixou uma importante taxa básica de juros inalterada ao rolar os empréstimos do instrumento de empréstimod de médio prazo (MLF) nesta quarta-feira, em linha com as expectativas do mercado.

A decisão mostra o foco do banco central em manter a estabilidade da moeda, dizem os analistas, mesmo com uma contração inesperada do crédito em abril, o que reforça a necessidade de mais estímulos para sustentar a segunda maior economia do mundo.

O Banco do Povo China disse que estava mantendo em 2,50% a taxa sobre 125 bilhões de iuanes (17,28 bilhões de dólares) em empréstimos MLF de um ano para algumas instituições financeiras.

Em uma pesquisa da Reuters com 32 observadores do mercado, 84% dos entrevistados esperavam a manutenção dos juros da MLF.

O iuan acumula perdas de cerca de 1,9% em relação ao dólar até o momento neste ano, pressionado por seus rendimentos relativamente baixos em relação a outras economias.

Pequim intensificará o apoio à economia com políticas monetárias e fiscais, incluindo cortes nas taxas de juros e de compulsório dos bancos, afirmou o Politburo do Partido Comunista no final de abril.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade