PUBLICIDADE

Ações de China e Hong Kong terminam em baixa por tensões no Oriente Médio

19 abr 2024 - 07h34
Compartilhar
Exibir comentários

As ações da China e de Hong Kong caíram nesta sexta-feira, acompanhando seus pares regionais, pressionadas por relatos de um ataque israelense contra o Irã que provocou o aumento das apostas em ativos seguros.

Os últimos acontecimentos geraram preocupações sobre a ampliação da guerra entre Israel e Hamas em Gaza para incluir outros países do Oriente Médio, fazendo com que os investidores corressem para buscar ativos típicos seguros.

As primeiras notícias dos EUA no final de quinta-feira diziam que Israel lançou mísseis contra o Irã em retaliação a um ataque em 13 de abril contra Israel, em resposta a um suposto ataque israelense que matou líderes militares iranianos em 1º de abril. Nesta sexta-feira, autoridades iranianas disseram à Reuters que não houve ataque com mísseis.

"É um grande amortecedor para os ativos de risco, incluindo ações e a maioria das moedas", disse Christopher Wong, estrategista de moedas do OCBC Bank.

O índice de Xangai caiu 0,29%, enquanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com baixa de 0,79%. Já o índice Hang Seng, de Hong Kong, teve queda de 0,99%.

O setor financeiro do CSI300, o setor de bens de consumo básicos, o setor imobiliário e o setor de saúde caíram entre 0,44% e 1,55%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,66%, a 37.068 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,99%, a 16.224 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,29%, a 3.065 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,79%, a 3.541 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,63%, a 2.591 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 3,81%, a 19.527 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,35%, a 3.176 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,98%, a 7.567 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade