PUBLICIDADE

Reality Shows

Patrocínio Logo do patrocinador

Sem acordo judicial, empresário aceita luta contra ex-BBB que o agrediu

15 nov 2023 - 18h58
Compartilhar
Exibir comentários

A primeira audiência de Ailton Maranhão contra André Augusto Ferreira Fontes, o Dhomini, terminou sem acordo, já que o ex-BBB não compareceu. Dhomini foi indiciado por lesão corporal, após ter sido flagrado por câmeras de segurança de um bar agredindo o empresário, que é dono do estabelecimento, em junho deste ano. O campeão do BBB 3 então propôs à vítima que o imbróglio seja resolvido no ringue.

Empresário espancado por Dhomini aceita luta contra o ex-BBB
Empresário espancado por Dhomini aceita luta contra o ex-BBB
Foto: The Music Journal

"Rafael Carvalho, meu sócio e amigo, junto com Popó Freitas, propôs esta luta. Ele já tinha cogitado essa possibilidade, e, logo em seguida, a possibilidade se concretizou com uma simples conversa que tive com Nilton Freitas, irmão do lutador. Pode ser uma boa saída para a solução do caso. Haja vista que tive enormes prejuízos financeiros com toda essa situação", comenta o empresário.

Em entrevista a colunista Mariana Morais, do Correio Braziliense, Ailton queria ter contato com o ex-BBB apenas nos tribunais, mas repensou sobre o convite. "A princípio, como era tudo recente, abortei qualquer tipo de contato com o mesmo. Não tinha vontade alguma de enfrentar ele. Após uma conversa com Lucy Gomes, que é cerimonial de eventos e minha irmã, decidi aceitar o desafio para uma luta justa e limpa. Pretendo treinar com o Nilton Freitas", destaca Ailton.

A primeira audiência do caso foi realizada no último dia 9, no Fórum Criminal de Goiânia, mas o ex-BBB não compareceu. A próxima está marcada para o dia 24 de novembro. Caso a luta não aconteça, o empresário pretende com o dinheiro da indenização na Justiça comprar um terreno em Bela Vista e plantar limoeiro.

The Music Journal The Music Journal Brazil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade