PUBLICIDADE

BBB22: Quem é a mulher da camisa usada por Linn da Quebrada

Artista usou camisa com arte de Yhuri Cruz sobre Anastácia, mulher negra escravizada em cuja imagem mais conhecida aparece amordaçada

20 jan 2022 15h18
| atualizado às 15h43
ver comentários
Publicidade
Linn da Quebrada entrou no 'BBB22' nesta quinta-feira (20), vestido uma camisa com a obra "Monumento à Voz de Anastácia", do artista Yhuri Cruz.
Linn da Quebrada entrou no 'BBB22' nesta quinta-feira (20), vestido uma camisa com a obra "Monumento à Voz de Anastácia", do artista Yhuri Cruz.
Foto: GShow/ TV Globo / Reprodução

A entrada de Arthur Aguiar, Jade Picon e Linn da Quebrada na casa do 'BBB22', nesta quinta-feira (20), ganhou os Trending Topics do Twitter não só pelo esperado momento. A camisa usada pela cantora, atriz e agitadora cultural chamou a atenção dos fãs do reality, que logo pegaram a referência.

A mulher estampada na camisa de Linn é Anastácia, mulher negra escravizada em cuja imagem mais conhecida aparece amordaçada. A pintura do artista francês Jacques Etienne Arago, datada entre os anos 1813 e 1820, atravessou séculos por causa da notória violência à qual eram submetidos os negros escravizados no Brasil.

O artista contemporâneo Yhuri Cruz, responsável por "retirar" a mordaça da mulher na obra "Monumento à Voz de Anastácia", explica que esse gesto se propõe a massificar a ideia de liberdade. A arte é parte de um trabalho sobre monumentalização, realizado em 2019, e hoje está à mostra na exposição "Um Brasil para os Brasileiros - Carolina Maria de Jesus", no Instituto Moreira Salles, em São Paulo.

"Quando a Linn me convida para gente fazer uma camisa pra ela entrar, essa primeira imagem ligada à imagem dela, estávamos interessados em levar a imagem de liberdade, de voz", explica.

Inventada, mas real

A boca de Anastácia, como não aparece na pintura original, foi inventada por Yhuri. O artista, também dramaturgo e escritor, chama a intervenção de "imagem inventada real".

"Tem tudo a ver com a narrativa de Linn e muito a ver com a narrativa negra do Brasil: como inventar novas realidades, tão potentes e palpáveis, que a gente consiga de fato acreditar que é real", acrescenta. 

A imagem está em exposição no Instituto Moreira Salles, na forma de um quadro e acompanhada de santinhos distribuídos gratuitamente
A imagem está em exposição no Instituto Moreira Salles, na forma de um quadro e acompanhada de santinhos distribuídos gratuitamente
Foto: Arquivo Pessoal/ Yhuri Cruz / Reprodução

Apesar de ver sua arte ganhar o mundo na forma de uma camisa, Yhuri diz que não tem como plano vender mais peças semelhantes àquela usada por sua amiga no 'BBB22'. A camisa é um passo da monumentalização da imagem de liberdade de Anastácia, mas não o único.

Atualmente, a imagem está em exposição no Instituto Moreira Salles, na forma de um quadro e acompanhada de santinhos distribuídos gratuitamente. Outra possibilidade é adquirir a imagem emoldurada. 

"A camisa até o momento não é um plano. Pode vir a ser, mas nesse momento não é o plano que pensei ainda", reforça. 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade