PUBLICIDADE

Explosiva, Maria Antonia vira ‘quase vilã’ no ‘MasterChef’

Enquete na última Prova de Eliminação mostrou rejeição sofrida pela gaúcha

9 mai 2018 11h16
ver comentários
Publicidade

Na terça-feira (9), durante a exibição da Prova de Eliminação do episódio 10 desta temporada do ‘MasterChef’ Brasil, uma enquete a respeito da torcida dos telespectadores queimou a imagem de Maria Antonia.

A dona de casa de Porto Alegre não conseguiu mais do que 2% dos votos para vencer a disputa enquanto o placar esteve no vídeo. Ficou na lanterna.

A dona de casa, que não teve o apoio dos pais na carreira gastronômica, sofre intensa pressão emocional de si mesma
A dona de casa, que não teve o apoio dos pais na carreira gastronômica, sofre intensa pressão emocional de si mesma
Foto: Band/Divulgação

Já o militar carioca Thiago despontou com 35% da preferência do público na votação sobre quem deveria ganhar o desafio.

O temperamento às vezes agressivo de Maria Antonia é o culpado pelo pouco apoio popular no ‘talent show’ gastronômico da Band.

Ela perde a paciência com facilidade, principalmente nas provas coletivas. Na vez em que foi líder, chegou a gritar com os colegas de grupo.

Maria Antonia acabou sendo uma espécie de vilã deste ‘MasterChef’. Mas esse rótulo é injusto.

Não se trata de uma competidora trapaceira ou insensível, e sim de uma mulher colocada em situação de extrema pressão emocional.

A gaúcha sofre por ficar longe do marido e do filho pequeno, por quem renunciou os sonhos profissionais nos últimos anos.

E demonstra impiedosa autocobrança para ser bem-sucedida no programa a fim de provar seu talento e sua capacidade a si mesmo e à mãe, que boicotou seu sonho de viver de cozinhar.

Como personagem, Maria Antonia é uma das mais interessantes desta edição por apresentar várias camadas emocionais a serem descobertas.

Representa milhões de brasileiros afetados pela opressão parental e infelizes por não trabalhar naquilo que gostariam.

A postura dura, aparentemente insensível, na verdade esconde sentimentos dolorosos e um desejo de redenção.

Características estas que afetam seu desempenho no fogão. Ela cozinha bem, mas quase sempre a coerção psicológica criada por ela própria prejudica o talento culinário.

Para Maria Antonia, o ‘MasterChef’ tem sido um intensivão de terapia. Tomara que, campeã ou não, volte a Porto Alegre mais realizada consigo mesmo.

Veja também

Kal Penn doa parte de seu prêmio em Celebrity Masterchef:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade