0

Em 'Bacurau', Sonia Braga dá lição a atores muito vaidosos

Atriz se despe da imagem glamourosa de diva e defende uma personagem feia, triste, decadente e com mensagem avassaladora

2 set 2019
12h25
atualizado às 12h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Todos os atores, com raríssimas exceções, são discípulos de Narciso, o herói que representa o extremo da vaidade na mitologia grega.

Sonia Braga interpreta uma mulher triste e ressentida no longa premiado pelo júri no Festival de Cannes
Sonia Braga interpreta uma mulher triste e ressentida no longa premiado pelo júri no Festival de Cannes
Foto: Divulgação

Diante das câmeras, muitos deles se preocupam mais com a própria aparência do que com a atuação em si.

Não é o caso de Sonia Braga. A atriz não esconde a idade (completará 70 anos em junho de 2020) nem se recusa a abrir mão da beleza produzida artificialmente.

No filme-sensação do momento, Bacurau, dos diretores Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, surge envelhecida: sem maquiagem, cabelos brancos, roupas surradas e zero glamour.

Além disso, sua personagem Domingas, uma médica em um micro povoado do Nordeste, escancara a feiura da alma.

Ela inveja a popularidade de uma defunta, permite que a companheira faça sexo pago com um michê, demonstra viver em profunda desolação e abusa do álcool. A imagem da baixa autoestima.

Acima de tudo isso está a interpretação vigorosa de Sonia Braga. Em suas poucas cenas, chega e arrebata.

Ao mesmo tempo, é generosa com os colegas de cena – inclusive os muitos amadores em sua primeira experiência cinematográfica.

Mais bem-sucedida atriz brasileira no exterior, com inúmeros trabalhos na TV americana e em Hollywood, ela sabe que o papel de diva só fica bem nos tapetes vermelhos.

Não cai na armadilha de ser refém da vaidade que já destruiu muitos rostos e carreiras.

Sábia, Sonia Braga embrulha a velhice com o seu talento. Aos atores narcisistas resta aplaudi-la – e aprender com tal exemplo.

Com a destemida Domingas, Sonia Braga comunica ao público uma mensagem que é dela mesmo: melhor enfrentar o pior da vida do que se esconder atrás de uma frágil imagem de perfeição.

Veja também:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade