PUBLICIDADE

Bonner volta a tuitar para lamentar morte de amigo repórter

Âncora do ‘Jornal Nacional’ fez homenagem ao jornalista Jorge Bastos Moreno

14 jun 2017 - 11h48
Ver comentários
Publicidade

William Bonner, o ‘tio’ do Twitter, não postava no microblog desde 31 de janeiro, quando se despediu dos 10,5 milhões de seguidores com um “obrigado, de coração”.

Na manhã desta quarta-feira (14), o apresentador suspendeu a pausa nas redes sociais para registrar a tristeza pela morte de Jorge Bastos Moreno, um dos mais importantes jornalistas de política do País.

Foto: @realwbonner/Twitter / Reprodução

“Pausa no silêncio. Se o Jornalismo pudesse escolher a hora do descanso de seus ícones, não teria levado o Moreno num momento desses”, escreveu o âncora e editor-chefe do ‘JN’, em referência à efervescência política atual.

Jorge Bastos Moreno morreu nesta madrugada, aos 63 anos, em decorrência de problemas pulmonares e cardíacos. Deixou uma legião de fãs e discípulos – muitos deles em posições de destaque no telejornalismo, como o próprio Bonner.

O colunista do jornal ‘O Globo’ era amigo pessoal de Michel Temer e um dos poucos jornalistas com linha direta com o presidente da República.

Era comum Moreno dar ‘furos’ sobre os bastidores de Brasília e pautar os colegas de outros veículos. Ele apresentava o talk show ‘Preto no Branco’ no Canal Brasil e um programa semanal na rádio CBN.

William Bonner é um dos ‘órfãos’ deixados por Jorge Bastos Moreno na imprensa
William Bonner é um dos ‘órfãos’ deixados por Jorge Bastos Moreno na imprensa
Foto: @jornalnacional e Divulgação/Canal Brasil

Veja também

Morre Roger Moore, ator que interpretou James Bond:

 

Fonte: Especial para Terra
Publicidade
Publicidade