0

Artistas arrogantes não ficam mais impunes ao estrelismo

Barraco com Romero Britto reforça disposição de se reagir ao comportamento inadequado de famosos

14 ago 2020
14h34
atualizado em 25/8/2020 às 17h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma das brincadeiras do momento entre usuários do app TikTok é dar nota de 0 a 10 aos famosos que a pessoa conheceu pessoalmente. Há elogios rasgados às celebridades simpáticas e também duras críticas aos artistas e influenciadores com comportamento esnobe ou desrespeitoso.

Na vida real, há quem confronte a personalidade desdenhosa cara a cara. Foi o que a dona de um restaurante fez ao quebrar uma escultura de quase 5 mil dólares (cerca de 30 mil reais) de Romero Britto na frente do próprio artista plástico.

A reação de Romero Britto ao desabafo ruidoso de uma ex-fã virou o assunto do dia nas redes sociais
A reação de Romero Britto ao desabafo ruidoso de uma ex-fã virou o assunto do dia nas redes sociais
Foto: Reprodução

Ela disse ter sido um protesto em reação à maneira prepotente com que escultor e pintor tratou um funcionário de seu estabelecimento. "Eu te respeitava", gritou a mulher. O vídeo gerou milhões de visualizações no aplicativo e manchetes mundo afora.

A expressão de Romero Britto —  entre a incredulidade e o constrangimento —  inspirou memes e foi usada para ilustrar matérias na imprensa. A cena inusitada gerou certo frenesi nas redes sociais. Desprezado pelos críticos das artes visuais, que não reconhecem valor cultural em sua obra, o criador pernambucano tem fama de temperamental e excessivamente vaidoso.

O hábito de homenagear políticos no exercício do poder desagrada a quem enxerga mero oportunismo. No Brasil atual, radicalizado e polarizado, a pintura feita por Romero Britto de Jair Bolsonaro virou chacota por mostrar o presidente com boca cor-de-rosa. Opositores do bolsonarismo não perderam a piada pronta. "Adorei o batom", debochou o jornalista José Simão no Twitter. O artista plástico de estilo multicolorido foi, mais uma vez, alvo de desprezo e ataques.

Independentemente do que aconteceu no tal restaurante, o episódio vexatório com Romero Britto ressalta a recusa de pessoas anônimas a serem desprezadas ou ofendidas por quem ostenta fama e suposto poder. Antes, a reação a um tratamento indigno raramente tinha consequência relevante e algum dano ao artista.

Hoje, todo mundo com celular em mãos, um flagra de chilique ou desprezo viraliza em poucos minutos e pode suscitar prejuízo imensurável à imagem da celebridade envolvida. O público, sempre ávido por escândalos, delira ao ver um totem de vaidade balançar diante da trepidação provocada por um anônimo ultrajado.
 

 

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade