0
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

‘A Fazenda 9’ serviu apenas para promover a Globo na Record

Final com três ex-‘BBB’ foi um tiro que saiu pela culatra em edição soturna do reality rural

6 dez 2017
10h17
  • separator
  • comentários

O ‘Big Brother Brasil’ voltará à tela da Globo no dia 22 de janeiro. Mas nesta quinta-feira (7), o público assistirá a uma espécie de ‘revival’ na Record.

A final de ‘A Fazenda – Nova Chance’, nona temporada do reality show rural, é composta por três ex-participantes do programa da Globo.

Marcos, Flávia e Matheus: ‘A Fazenda’ termina com cara de ‘Big Brother Brasil’.
Marcos, Flávia e Matheus: ‘A Fazenda’ termina com cara de ‘Big Brother Brasil’.
Foto: Divulgação/Record

Disputam o prêmio de 1,5 milhão de reais a atriz Flávia Viana (‘BBB7’), o modelo Matheus Lisboa (‘BBB16’) e o médico Marcos Harter (‘BBB17’). É como se ‘A Fazenda’ virasse uma cópia piorada do ‘Big Brother’.

Piorada porque esta edição foi, sem dúvida, a mais sombria e modorrenta de todas. Às vezes, parecia uma rehab de neurastênicos devido ao comportamento ranheta da maioria dos roceiros.

Faltou animação, espontaneidade e entretenimento ao telespectador. Até o protagonista foi previsivelmente o mesmo do último ‘BBB’: o cirurgião plástico Marcos.

Expulso do reality da Globo sob a acusação de comportamento agressivo contra Emilly, que se sagrou campeã, ele sabe como jogar e atrair os holofotes – e a torcida do público.

A ideia de confinar veteranos de diferentes realities é boa. Imaginava-se uma competição acirrada, com os famosos (subcelebridades, se o leitor preferir) corrigindo os erros cometidos na experiência anterior.

Contudo, o que se viu foi uma gente desanimada e com má vontade de fazer aquilo para o qual foi escalada: apresentar um show interessante ao público.

Perdeu-se uma oportunidade valiosa de oxigenar a imagem de ‘A Fazenda’ e garantir a sobrevida do formato na Record.

E a maioria dos competidores desperdiçou a gigantesca visibilidade que poderia renovar sua carreira e esticar por mais algum tempo o espaço que ganharam na mídia.

No ar desde setembro, o reality rural termina com média geral de 8 pontos, um a menos do que a oitava edição, exibida no final de 2015.

Para a Record, que viveu um ano sem grandes destaques de audiência, o programa ainda rende. Mas será necessário repensá-lo caso a emissora decida produzir outras temporadas.

‘A Fazenda’ passa por uma crise de identidade. De concorrente do ‘Big Brother Brasil’, virou um clone esquisitão.

Veja também:

Blog Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail jb.saladetv@terra.com.br

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade