0
TV

Amores obsessivos dão o tom da série 'Eu que amo tanto'

Série em quatro episódios começa a ser exibida no 'Fantástico', no próximo domingo; no elenco, destaque para Marjorie Estiano, Mariana Ximenes, Carolina Dieckmann e Susana Vieria

4 nov 2014
12h09
atualizado às 12h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Um pote até aqui de amores obsessivos e relações intensas. Assim pode ser resumida a série Eu que amo tanto, que estreia no próximo domingo no Fantástico, e que será apresentada em quatro episódios a cada semana. A maior parte do eenco, ao lado das diretoras Amora Mautner e Joana Jabace, além do autor da adaptação, Euclydes Marinho, participaram nesta segunda-feira da coletiva de imprensa de divulgação da obra, baseada no livro da jornalista Marília Gabriela.

Siga Terra Diversão no Twitter

Eu que amo tanto vai contar a história de quatro mulheres que se envolvem de forma visceral - e extremamente perigosa - em quatro relacionamentos intensos. Em muitos deles, elas vão às últimas consequências pelo amor conquistado e prestes a ser rompido. Irreverente como sempre, e nitidamente à vontade entre o elenco, a diretora Amora Mautner conta que conversou com Euclydes Marinho para saber se ele topava a empreitada e fez o convite para realizar a montagem. Convite feito, missão aceita.

No autor, Amora colou a alcunha de "Chico Buarque da TV brasileira", pela forma como escreve sobre mulheres. E brincou: "Em dramaturgia ele se especializou (nas personagens femininas) não sei como, porque ele é homem de verdade, não é gay", disse, gargalhando. Segundo Amora, a ideia para escolher o elenco foi pensar em quais “atrizes glamourosas” eles gostariam de ver sangrando em cena – devido à fortíssima carga emotiva das personagens femininas. 

Daí, sempre inspirada no diretor alemão Rainer Fassbender – que tem como marca "desconstruir" atrizes glamourosas com papeis fortes – Amora chegou à escalação de Marjorie Estiano, Carolina Dieckmann, Susana Vieira, Paula Burlamaqui e Mariana Ximenes. A pequena e super talentosa Mel Maia faz a personagem de Dieckmann criança, em uma participação cheia de carga dramática – a personagem sofre abuso sexual. 
 
Mulheres que amam demais
Rasgando elogios à dupla de diretoras, como todo o elenco, aliás, Mariana Ximenes afirmou que as atrizes convocadas para gravar a minissérie não interpretaram apenas seus papeis. "A gente viveu essa história. Houve uma entrega total e absoluta. Essas duas moças que fizeram isso", declarou, apontando para Amora, que, hilária, contrastava com a discrição de Joana Jabace. Mariana será Leididai, que vive um amor bandido com o personagem presidiário José, vivido por Márcio Garcia. O principal cenário do casal, aliás, será um presídio em que ele cumpre pena. 

Carolina também não poupou de confetes as diretoras: "Meu encontro com as duas foi natural. Elas falam a mesma língua que eu". No seu episódio, ela será a obsessiva Zezé, que contracena com o detestável Osório de Antonio Calloni e, não tendo mais como evitar suas traições, lhe prepara um final surpreendente. Marília Gabriela se mostrou satisfeita com o resultado do trabalho originado no seu livro. "O Euclydes soube compor essas personagens. Ele conseguiu colocar um pouco das minhas mulheres ali". O livro da jornalista é fruto de uma pesquisa junto ao grupo MADA – Mulheres Que Amam Demais. 
 
Vivendo a personagem Sandra, namorada de Miguel, de Tarcísio Filho, Susana Vieira disse que a experiência de ficar nua em cena e aparecer sem qualquer maquiagem não foram problemas. Mas ela brincou, durante a coletiva: "Eu quase caí pra trás na hora que vi. Eu não estou horrorosa daquele jeito não! Foi a luz". A atriz destacou a carga dramática de sofrimento, ódio e amor contida no trabalho: "Mostrar isso em poucos minutos é mérito do talento destas atrizes e destas duas diretoras", comemorou. 

O episódio de Paula Burlamaqui (Cristiane) e Marjorie Estiano (Angélica) terá um tempero diferente. A dupla vai viver uma história homossexual – com os mesmos ingredientes de amor doentio que marcam as outras três montagens. Paula destacou a sintonia do elenco. "A gente tá se amando muito", brincou. Marjorie, apesar de ausente, pois teve que ir embora logo no início do evento, roubou a cena. "Você (como se mandasse recado para a atriz) é a melhor de todas nós. É fácil tirar sangue dela, gente. Fiquei apaixonada pela Marjorie", derramou-se Susana Vieira.

Numa coletiva marcada pela agradável estridência das mulheres da trama, os homens também tiveram voz. Para Antonio Calloni, levar uma montagem de tamanha qualidade para um programa popular como o Fantástico é um ponto positivo: "A dramaturgia é bem-vinda seja onde for, principalmente a boa, que fique claro. O Fantástico está proporcionando isso. E a identificação do público vai ser enorme porque são histórias muito intensas". 

Os quatro episódios começam a ser exibidos a partir do próximo dia 9 e a expectativa é de os capítulos irem ao ar próximo ao final do Fantástico

Qual e a novela? Teste seus conhecimentos através dos emojis Qual e a novela? Teste seus conhecimentos através dos emojis

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade