PUBLICIDADE

Sonia Abrão revela detalhes inéditos da morte de Eliza Samúdio: "Ela já estava fugindo"

A apresentadora Sonia Abrão revelou detalhes envolvendo última entrevista de Eliza Samudio no ano de 2010.

14 abr 2023 - 14h58
(atualizado às 16h42)
Compartilhar
Exibir comentários
(Montagem: Eliza Samudio e Sônia Abrão)
(Montagem: Eliza Samudio e Sônia Abrão)
Foto: Reprodução / Perfil Brasil

A apresentadora Sonia Abrão, 59, revelou, em entrevista ao podcast CARAS,  que esteve presente nos últimos momentos de vida da modelo Eliza Samudio, em 2010. A jornalista contou os bastidores da ida da modelo ao programa A Tarde é Sua pouco antes de ser assassinada pelo goleiro Bruno Fernandes, com quem teve um filho.

"Nós fomos o único programa de televisão ao qual ela compareceu. Fiz a última entrevista, cara a cara com a Eliza Samudio. Ela já veio escondida para o nosso programa, porque já tinha o Bola no encalço dela. Ela já estava fugindo a primeira vez do Bruno", revelou.

Na época, Eliza, que já temia ser morta pelo goleiro Bruno, expôs toda a situação ao vivo e acabou não sobrevivendo. "Ela foi muito clara no dia da entrevista que ela estava com medo, que ela estava fugindo, que alguma coisa podia acontecer", relembra a jornalista.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por CARAS (@carasbrasil)

"Ela sabia [que poderia morrer] mas eles convenceram ela do contrário, sabe? Conforto material, garantia para o filho, que ele teria uma vidinha legal, reconhecimento do pai, essa coisa toda ela foi embora. E ela encontrou a morte", conclui  Sonia Abrão.

Eliza Samudio desapareceu em 2010, aos 25 anos, sendo considerada morta pela Justiça. Ela estava grávida de Bruno, que naquele ano, atuava como goleiro pelo Flamengo e foi preso, ainda em 2010.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade