PUBLICIDADE

Sondra James (1939-2021)

13 set 2021 23h22
| atualizado às 23h28
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/IMDb / Pipoca Moderna

A atriz Sondra James, que participou do filme "Coringa" e em dezenas de outras produções nas últimas décadas, morreu no domingo (12/9) em Nova York, após uma batalha de cinco meses contra o câncer de pulmão. Ela tinha 82 anos.

James fez sua estreia no cinema em "A Poderosa Afrodite", comédia de Woody Allen de 1995, que abriu as portas para uma carreira de figurante em várias atrações famosas, como "Aconteceu em Woodstock" (2009), "Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme" (2010), "Amor à Distância" (2010), "O Ditador" (2012), "Trocando os Pés" (2014) e até "Homem-Aranha: De Volta ao Lar" (2017), sem esquecer sua aparição antológica em "O Coringa" (2019), como a Dra. Sally, convidada de um programa de entrevistas que é beijada por Joaquin Phoenix.

Ela também apareceu em muitas séries, incluindo "Law & Order", "Blue Bloods", "What We Do in the Shadows" e "Crisis in Six Scenes", na qual voltou a trabalhar com Woody Allen.

Mas estas figurações eram, na verdade, uma carreira paralela à sua principal atividade em Hollywood.

Depois de fazer algumas dublagens, James se tornou diretora de um dos maiores grupos de pós-produção de Nova York, chamado Speakeasy, escalando elencos, coordenando gravações de som, mixagens e dublagens para séries, incluindo todas as temporadas de "Sex and the City", "Boardwalk Empire", "Smash" e "Damages" e sucessos de cinema como "O Talentoso Ripley" (1999), "O Sexto Sentido" (1999), "Os Excêntricos Tenenbaums" (2001), "O Diabo Veste Prada" (2006), "O Leitor" (2008) e "Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum" (2013).

Seu último trabalho foi um papel em "The Tender Bar", filme dirigido por George Clooney e estrelado por Ben Affleck, que será lançado no próximo ano.

Foto: Reprodução / Pipoca Moderna

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade