PUBLICIDADE

Ana Maria Braga e Globo fazem acordo para pagar R$ 45 mil após erro no 'Mais Você'

Apresentadora e emissora aceitaram indenizar a jornalista Lilian Honda por violação ao direito autoral há 15 anos

1 abr 2024 - 18h06
(atualizado às 18h42)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Ana Maria Braga e a TV Globo pagaram R$ 45 mil a jornalista Lilian Honda por um erro no programa 'Mais Você', no qual foi atribuída a obra de Lilian a Martha Medeiros, além de errar o título da obra. A negociação foi homologada pelo juiz Danilo Barioni, do Tribunal de Justiça de São Paulo.
Foto: TV Globo / Reprodução

A apresentadora Ana Maria Braga e a TV Globo concordaram em pagar R$ 45 mil à jornalista Lilian Honda, de acordo com o colunista Rogério Gentile, do UOL, por um erro cometido no Mais Você, em 2009. O acordo foi homologado pelo juiz Danilo Barioni, do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Há 15 anos, a apresentadora leu o trecho do livro "Saudades da Encoxada na Pia", escrito por Honda, mas atribuiu a obra à escritora Martha Medeiros. Além de errar o nome da autora, a Globo errou o nome do livro ao publicar uma matéria no blog do programa: "Todo Homem Sofre de Síndrome de Paulo Maluf" foi o título errado colocado pela produção. 

Lilian Honda decidiu entrar na Justiça contra Ana Maria Braga e a TV Globo por violações ao direito autoral, e ambas foram condenadas em primeira e segunda instâncias. Tanto Ana Maria, quanto a emissora apresentaram uma série de recursos ao longo desses 15 anos, o que explica a demora no desfecho do caso.  

Quem é quem na família de Ana Maria Braga? Quem é quem na família de Ana Maria Braga?

À Justiça, Ana e a Globo disseram que foram induzidas ao erro por publicações na internet e chamou a ação de "oportunista", alegando que Honda não teria apresentado provas da autoria da obra.  

A jornalista disse que havia se ofendido com a acusação e que tinha os direitos autorais garantidos por lei. Ela ainda afirmou que era obrigação da emissora conferir a autoria das obras antes de veiculá-las. "A própria Martha Medeiros negou ser autora do texto", também argumentou a autora.

A Globo ressaltou, no documento do acordo entre as partes, que não se trata um reconhecimento de culpa. A emissora ainda estabeleceu uma cláusula de confidencialidade, sob pena de multa.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade