0

PokéDolar: no Twitter, conta segue sobe e desce do câmbio com pokémons

Feita com ajuda de programação, página mostra cotação da moeda americana em relação ao real seguindo número de criatura correspondente

12 mar 2020
15h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Dólar, temos que pegar! Uma conta no Twitter está sendo bastante útil para quem precisa acompanhar o sobe e desce da cotação da moeda americana face ao real. Criada pelo programador João Gabriel Moutella, que desenvolveu o robô que faz a conta seguir o câmbio do dólar, a PokéDolar mostra qual o preço de US$ 1 a partir dos números das criaturas do game Pokémon, lançado pela Nintendo nos anos 1990. Os cálculos são todos arredondados, avisa a conta.

Na manhã desta quinta-feira, 12, quando a moeda americana bateu R$ 5,0155, por exemplo, a conta do Twitter destacou a criatura Dewott, conhecida pelo número 502 na lista de pokémons existentes no universo do game.

Durante a tarde, quando a cotação do dólar caiu para R$ 4,83, o pokémon mostrado foi o Dialga, que tem o número 483 na lista.

Ao todo, existem 890 criaturas diferentes no universo do jogo, que também virou série de TV e filme de animação nos últimos anos, divididas em oito gerações diferentes. Nesta quinta-feira, 12, foi a primeira vez que pokémons da quinta geração (a partir do número 494) apareceram na conta.

Infelizmente, as criaturas mais conhecidas do game dificilmente vão aparecer na PokéDolar: o monstrinho Pikachu, por exemplo, é o número 25 do game. Para estar na página, seria preciso que a moeda americana fosse negociada a R$ 0,25 - algo que nunca aconteceu na história. Bulbassauro, Charmander e Squirtle, os três pokémons iniciais dos games Pokémon Red/Blue, são ainda mais inviáveis: para surgirem no Twitter, o dólar teria de estar a R$ 0,01, R$ 0,04 e R$ 0,09. Assim, talvez seja difícil para a PokéDolar pegar todas as criaturas.

A conta foi iniciada em fevereiro de 2020, e segue duas inspirações diferentes. A primeira é a do PokéDolar (CLP), que mostra a cotação da moeda americana frente ao peso chileno. Outra é a Dólar Bipolar, que só informa se o dólar subiu ou desceu, com ajuda dos antigos emoticons.

Esta última tem ainda outras duas derivadas: a Euro Bipolar e a Libra Bipolar, que tem uma descrição irônica. "Todo mundo tenta, mas só a Libra está há mais de anos segurando o penta. Tenta a sorte @EuroBipolar", diz a página, ilustrada com uma nota simbolizada pela Rainha Elizabeth II.

Veja também:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade