PUBLICIDADE

Vídeo: 'O Dublê' revive no cinema série de TV dos anos 1980

O resultado é um realismo que não se encontra em uma produção hollywoodiana nos dias de hoje

1 mai 2024 - 06h45
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
“O Dublê” é um filme de ação, aventura, romance e comédia, dirigido por David Leitch, estrelado por Ryan Gosling, Emily Blunt e Aaron Taylor-Johnson. O filme se passa em Hollywood e conta a história de Colt Seavers, dublê que precisa abandonar a vida de acrobacias perigosas após um acidente, porém acaba voltando para trabalhar em um filme dirigido por sua ex, Jody Moreno. As cenas de ação da produção são filmadas à moda antiga, sem utilização de computação gráfica, dando credibilidade ao filme.
'O Dublê' revive no cinema série de TV dos anos 1980:

“O Dublê”, novo filme do diretor David Leitch (“Trem Bala”) e estrelado por Ryan Gosling e Emily Blunt, tem tudo para agradar quem vai ao cinema em busca de ação, aventura, romance e comédia à moda antiga.

Inspirado na série de TV “Duro na Queda”, exibida no Brasil pela Globo na década de 1980, o filme acompanha Colt Seavers (Ryan Gosling), um dublê de Hollywood que precisou abandonar a vida de acrobacias perigosas após sofrer um acidente. Porém, um tempo depois, ele é chamado de volta para trabalhar em um filme dirigido por sua ex, Jody Moreno (Emily Blunt), realizando as cenas mais intensas de ação de Tom Ryder (Aaron Taylor-Johnson), protagonista do longa. 

Mas o convite envolve um grande mistério: Tom está desaparecido e, enquanto grava suas sequências, Colt descobre que pode ter se envolvido em algo muito maior do que um simples trabalho como dublê.

“O Dublê” tem tudo que um filme deste porte pode oferecer: romance, comédia e ação na medida certa – em especial este último item, já que não só o personagem principal é um dublê, como o diretor do filme, David Leitch, é também um ex-dublê e conhece todos os caminhos para filmar uma boa cena de ação. 

Todas as cenas deste tipo neste filme envolvem efeitos práticos, daqueles à moda antiga, feitos como se estivéssemos mesmo em uma produção dos anos 1980, quando não se utilizava computação gráfica. O resultado é um realismo que não se encontra em uma produção hollywoodiana nos dias de hoje.

O elenco de “O Dublê” ainda tem Hannah Waddingham, em seu primeiro papel no cinema depois do sucesso da série “Ted Lasso”, em que ela interpretava Rebecca, a proprietária do time Richmond FC.

Assista ao vídeo com o comentário de Rodrigo James.

(*) Rodrigo James é jornalista, criador de conteúdo e publica semanalmente a newsletter MALA com notícias, críticas e pensatas sobre cultura pop e entretenimento.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade