PUBLICIDADE

"Triunfo absoluto": As primeiras críticas inflamadas em Cannes para o filme de ação mais esperado de 2024

Previsto para chegar aos cinemas em 23 de maio, Furiosa, o prequel de Mad Max: Estrada da Fúria, fez sua estreia mundial no Festival de Cannes. E o feedback provavelmente lhe dará ainda mais curiosidade.

17 mai 2024 - 23h40
Compartilhar
Exibir comentários

Top Gun: Maverick em 2022. Indiana Jones e A Relíquia do Destino em 2023. E Furiosa: Uma Saga Mad Max em 2024. Isso se tornou uma tradição em Cannes: as grandes sagas dos anos 80 fazem um pequeno "desvio" de rota, antes de voltar para incendiar os cinemas.

Foto: Warner Bros. / Adoro Cinema

Nove anos depois de seu triunfo com Mad Max: Estrada da Fúria, George Miller voltou ao sul da França com seu prequel, no qual Anya Taylor-Joy substitui Charlize Theron e divide o protagonismo com Chris Hemsworth. Apresentado fora de competição na quarta-feira, 15 de maio, o filme definitivamente parece ter agradado, segundo as primeiras críticas internacionais publicadas nas redes. Confira algumas:

"Furiosa é um triunfo absoluto. Não apenas um dos melhores prequels já feitos (ele complica e aprofunda Estrada da Fúria a cada passo), mas também um épico de vingança imensamente satisfatório por si só. Os filmes: às vezes são ótimos!".

Leia o artigo em AdoroCinema

Por que Anya Taylor-Joy não raspou a cabeça para Furiosa?

Mais jovem e desequilibrado: O que esperar do vilão Immortan Joe em Furiosa - Uma Saga Mad Max?

Para Anya Taylor-Joy, Furiosa é uma história de "esperança", enquanto sua co-estrela Chris Hemsworth exalta as sequências de ação

Furiosa quase foi um anime! O derivado de Mad Max seria bem diferente e viria com um diretor veterano do Studio Ghibli

Adoro Cinema
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade