PUBLICIDADE

Mulher que alega ser a Martha de 'Bebê Rena' processa Netflix por difamação

Fiona Harvey acreditar ser a inspiração para a construção da personagem descrita como stalker de Richard Gadd na série

7 jun 2024 - 08h50
(atualizado às 09h30)
Compartilhar
Exibir comentários
'Bebê Rena', da Netflix: A atriz inglesa Jessica Gunning interpreta Martha (nome fictício), a mulher que persegue Donny (Richard Gadd) na série.
'Bebê Rena', da Netflix: A atriz inglesa Jessica Gunning interpreta Martha (nome fictício), a mulher que persegue Donny (Richard Gadd) na série.
Foto: Divulgação/Netflix / Estadão

Nesta quinta-feira, 6, a advogada escocesa Fiona Harvey moveu um processo contra a Netflix, exigindo pelo menos 170 milhões de dólares (aproximadamente R$ 895 milhões na cotação atual), por difamação, violência emocional, negligência e violação de direitos. No processo, Gadd não é citado como réu, mas Fiona diz ser a personagem Martha (interpretada por Jessica Gunning) descrita na trama como uma mulher violenta que persegue e abusa sexualmente do personagem Donny (interpretado por Richard Gadd).

Mas ela admitiu "ter havido algumas trocas de e-mails, mas só isso", ter enviado uma carta pelo correio e escrito 18 mensagens na rede social X (anteriormente conhecida como Twitter).

Bebê Rena

A série foi lançada em 11 de abril de 2024 e, ficou no top 1 da Netflix por semanas, sendo amplamente comentada nas redes sociais. A narrativa gira em torno da relação de Dony com a stalker Martha, levando o espectador a descobrir os traumas mais íntimos do protagonista. E entendo seu passado, é justificada a dificuldade em lidar com a situação e contextualiza emocionalmente suas atitudes, relacionamentos amorosos e familiares.

10 séries novas para maratonar no streaming 10 séries novas para maratonar no streaming

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade