PUBLICIDADE

Quem foi o ator que Rebecca Ferguson trocou por uma bola de tênis?

Atriz de Duna, Rebecca Ferguson revelou ter sido humilhada por um grande nome de Hollywood e que ela preferiu trabalhar com uma bola do que atuar com a pessoa

28 fev 2024 - 13h33
(atualizado às 15h34)
Compartilhar
Exibir comentários

A divulgação do novo Duna: Parte 2 ganhou ares de fofoca após a atriz Rebecca Ferguson revelar um episódio bastante traumático de sua carreira. Durante uma entrevista para falar sobre o novo filme, a intérprete de Lady Jessica contou um momento traumático da sua carreira em que ela foi humilhada por uma grande estrela, algo que lhe fez muito mal a ponto de ela pedir para contracenar uma bola de tênis ao invés da pessoa.

Foto: Reprodução/Paramount Pictures / Canaltech

Sem citar nomes ou mesmo dizer se era homem ou mulher, Ferguson contou ao podcast Reign with Josh Smith que encontrou sua voz em Hollywood após desafiar quem chamou de um "completo idiota" que a humilhou durante uma filmagem. Ainda assim, ela explicou que todo o processo foi bastante duro.

Estrela de Duna: Parte 2, Rebecca Ferguson mostra que ainda não esqueceu briga no passado (Imagem: Divulgação/Warner Bros)
Estrela de Duna: Parte 2, Rebecca Ferguson mostra que ainda não esqueceu briga no passado (Imagem: Divulgação/Warner Bros)
Foto: Canaltech

A atriz sueca revela que, na ocasião, a pessoa descontou nela toda a sua insegurança e raiva por não conseguir entregar a cena que estava gravando. "E eu acho que eu estava tão vulnerável e desconfortável que apenas gritei", relembra. "Só que, como essa pessoa era a número um na agenda dos produtores, não havia uma rede de segurança para mim. Então, não tinha ninguém comigo e eu só saí chorando do set".

Famosa por seus papéis na franquia Missão: Impossível e por protagonizar a série Silo, Ferguson lembra que a pessoa passou a gritar e a menosprezar seu trabalho e esforço durante as filmagens, berrando perguntas como "Você se considera uma atriz?" e "É com isso que eu tenho que trabalhar?" na frente de toda a equipe.

A situação de humilhação e intimidação chegou a um ponto que a atriz conta que chegou a um limite e foi confrontar o artista. Apesar de confessar estar assustadíssima com toda a situação, o embate — em que ela disse ter mandado a pessoa sair de seu set — foi um ponto de virada em sua carreira. "Eu olhei para ela e disse: 'Vá tomar naquele lugar. Eu vou atuar com uma bola de tênis, mas eu nunca quero te ver de novo'".

Segundo Ferguson, os produtores logo vieram falar com ela para defender o ator/atriz, dizendo que ela não poderia fazer aquilo com o "número um", indicando que ele era o astro de toda a produção e não poderia ser dispensado como ela queria. Assim, chegaram a um acordo em que ela contracenaria com a pessoa apenas se ela estivesse de costas e que não haveria mais cenas em que eles interagissem ou ficassem cara a cara.

Quem é o ator?

Como dito, Rebecca Ferguson foi bastante vaga em relação à identidade da pessoa, não citando seu nome e nem mesmo o fato de ser um homem ou mulher. Por isso mesmo, não demorou para que a internet começasse a especular quem poderia ter sido o babaca que a atriz descreveu.

A primeira suspeita recaiu justamente sobre Tom Cruise, com quem a atriz trabalhou na franquia Missão: Impossível e que tem um histórico de gênio um pouco complicado. Embora seja reconhecido como um defensor do cinema, ele não mede palavras na hora de brigar — como um vídeo durante a pandemia deixou bem claro. E o fato de a atriz ter deixado a série após Acerto de Contas: Parte 1 apenas alimentou a possibilidade.

Ferguson deixa claro que confusão não foi com Tom Cruise (Imagem: Divulgação/Paramount Pictures)
Ferguson deixa claro que confusão não foi com Tom Cruise (Imagem: Divulgação/Paramount Pictures)
Foto: Canaltech

Contudo, a estrela de Duna: Parte 2 revelou que Tom Cruise não foi o responsável pelas cenas de humilhação descritas. Ela também disse que não se trata de Hugh Jackman, com quem trabalhou no filme O Rei do Show, de 2017.

A única pista mais concreta deixada por ela é que o episódio do confronto aconteceu já há algum tempo, algo entre 10 e 12 anos, como ela própria especificou no podcast.

Diante disso, alguns outros nomes de grandes astros com quem ela trabalhou na década passada começaram a ser apontados, incluindo Dwayne "The Rock" Johnson (Hércules), Michael Fassbender (Boneco de Neve), Jake Gyllenhall (Vida), Hugh Grant (Florence: Quem é Essa Mulher?) e Ewan McGregor (Doutor Sono). 

O ponto, contudo, é que Rebecca Ferguson não diz em momento algum que é um homem, o que torna a lista de possíveis nomes ainda mais ampla, incluindo até figuras como Meryl Streep e Emily Blunt (A Garota no Trem).

Diante da repercussão do caso, alguns nomes de Hollywood vieram a público prestar apoio ou mesmo esclarecer que não têm nada a ver com a história. É o caso de The Rock, que relembrou do seu trabalho ao lado de Ferguson e disse querem saber quem foi o responsável pelos ataques descritos. "É terrível ver isso, mas também adorei ver como ele se posicionou contra essa imbecilidade", escreveu o ator. "Rebecca foi meu anjo da guarda enviado dos céus para o set. Eu amo essa mulher e adoraria saber quem fez isso".

Só que, apesar de toda a investigação feita pela internet, a atriz diz que a identidade da pessoa não importa, mas que a grande lição foi justamente o que veio depois. "Eu não tenho problemas em usar minha voz e não tenho mais medo de dizer o que penso", desabafa, pontuando que esse tipo de episódio nunca mais aconteceu desde então.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade