PUBLICIDADE

Will Smith se recusou a deixar o Oscar e pode ser expulso

Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pelo Oscar, iniciou um "processo disciplinar" contra o ator

30 mar 2022 20h29
| atualizado às 20h34
ver comentários
Publicidade
Will Smith ao receber o Oscar de Melhor Ator durante a cerimônia realizada em 27 de março
Will Smith ao receber o Oscar de Melhor Ator durante a cerimônia realizada em 27 de março
Foto: Reuters

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela premiação do Oscar, iniciou um "processo disciplinar" contra Will Smith, após o ator proferir um tapa contra Chris Rock durante a cerimônia realizada em  27 de março. 

"O Conselho de Governadores iniciou hoje um processo disciplinar contra o Sr. Smith por violações dos Padrões de Conduta da Academia, incluindo contato físico inadequado, comportamento abusivo ou ameaçador e comprometimento da integridade da Academia", informou a organização em comunicado enviado à revista People, nesta quarta-feira, 30.  

Will Smith recebeu um aviso sobre suas violações e terá até 15 dias para se defender em uma resposta por escrito. A próxima reunião do conselho está marcada para 18 de abril e, segundo o comunicado,  a Academia pode "tomar qualquer ação disciplinar, o que pode incluir suspensão, expulsão ou outras sanções permitidas pelos Estatutos e Padrões de Conduta".

A organização ressaltou que após a agressão, o "Sr. Smith foi convidado a deixar a cerimônia e recusou". O texto ainda traz um pedido de desculpas a Chris Rock. "As ações de Smith no 94º Oscar foram um evento profundamente chocante e traumático para testemunhar pessoalmente e na televisão. Sr. Rock, pedimos desculpas pelo que você passou em nosso palco e agradecemos por sua resiliência naquele momento".

"Também pedimos desculpas aos nossos indicados, convidados e espectadores pelo que aconteceu durante o que deveria ter sido um evento comemorativo", concluiu o texto. 

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade