0

Globo de Ouro 2019: Pose faz história e é a primeira série de maioria trans a ser indicada

A produção de Ryan Murphy para o FX levou duas indicações no Globo de Ouro.

6 dez 2018
15h57
  • separator
  • comentários

Pose já começou fazendo história, ao se estabelecer como a primeira produção de TV com cinco atrizes transgênero no elenco. Agora, o drama de Ryan Murphy continua o seu legado, e torna-se a primeira série com um elenco majoritariamente trans a receber indicações ao Globo de Ouro.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

A produção do FX recebeu duas indicações ao prêmio da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood, uma na categoria de melhor série drama e outra na categoria de melhor ator em série drama, para Billy Porter. Apesar disso, nenhuma das atrizes transgênero — Mj Rodriguez, Dominique Jackson, Indya Moore, Angelica Ross e Hailie Sahar — recebeu uma indicação.

Criada por Steven Canals, Pose se passa em Nova York durante a década de 1980, e acompanha o universo dos Bailes LGBT, em meio à cultura de luxo e a epidemia do vírus da HIV. "Eu acho que o programa tem atitude e não foge da realidade do que estava acontecendo nos anos 80," disse Canals em entrevista ao AdoroCinema. "Nós falamos da epidemia de AIDS, e nos últimos episódios nós falamos da crise do crack, então nós não perfumamos, mas eu acho que a série ainda deixa a audiência se sentindo esperançosa. Essa foi a maior mudança, e uma que me deixa muito satisfeito."

Pose: "Queríamos subverter os clichês envolvendo a comunidade queer", conta autor da série (Entrevista)

A temporada está disponível no canal de streaming da FOX. Confira aqui a lista completa de indicados ao Globo de Ouro 2019.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade