0

Agnès Varda já está trabalhando em novo documentário

O projeto, ainda sem título, será o sucessor do aclamado Visages, Villages, que rendeu a primeira indicação da cineasta ao Oscar aos 89 anos.

25 jan 2018
13h34
  • separator
  • comentários

Prestes a atingir as nove décadas de idade, a lendária cineasta Agnès Varda (Cléo das 5 às 7) não dá sinais de que vai se aposentar. Na onda do sucesso internacional de seu mais recente filme - Visages, Villages, codirigido pelo fotógrafo e artista visual JR -, a realizadora franco-belga anunciou que já está produzindo um novo documentário, ao lado de seu assistente de direção de longa da data, Didier Rouget.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Segundo informa a Variety , o projeto ainda sem título será mais uma jornada cinematográfica de Varda, onde a célebre diretora lançará um olhar para sua trajetória na sétima arte e, principalmente, para o seu estilo cinematográfico - a "cine-escrita". A vindoura não-ficção levará Varda desde à Rua Daguerre, em Paris, onde mora desde a década de 1970, até as cidades de Los Angeles e Pequim, ecoando tanto as estruturas de Visages, Villages , quanto de As Praias de Agnès. Ainda de acordo com a reportagem, inúmeros convidados especiais de Varda farão parte do novo filme.


Primeira foto do novo filme de Varda.

Após receber um Oscar honorário pelo conjunto da obra, a cineasta tornou-se a pessoa mais velha a ser indicada ao prêmio da Academia por Visages, Villages - já em cartaz no Brasil -, aos 89 anos, sendo esta a primeira nomeação competitiva ao Oscar em sua carreira. Se quiser levar a estatueta de Melhor Documentário para casa, no entanto, terá que vencer a ferrenha disputa de outras elogiadas produções como Últimos Homens em Aleppo, Strong Island, Abacus: Pequeno o Bastante para Condenar e Ícaro.

Os vencedores do Oscar 2018 serão conhecidos no dia 4 de março - confira aqui a lista completa de indicados!

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade