0

Largo da Batata e Vila Madalena terão acesso restrito no carnaval de rua de SP

Bares das chamadas 'Zonas de Atenção Especial' deverão fechar até as 22 horas; determinação vale para os oito dias da programação

27 jan 2020
11h37
atualizado às 11h44
  • separator
  • 0
  • comentários

SÃO PAULO - Antigo ponto de encontro do carnaval, o Largo da Batata terá acesso restrito durante os oito dias de programação oficial do blocos de rua de São Paulo. Além de bloqueios, a determinação implica no fechamento obrigatório de bares da região até as 22 horas. A restrição é válida também para um quadrilátero da Vila Madalena, também em Pinheiros, na zona oeste paulistana.

A mudança está em portaria da Subprefeitura de Pinheiros publicada no Diário Oficial de sábado, 25. Segundo a publicação, a determinação de Zonas de Atenção Especial (ZAEs) no Largo da Batata e na Vila Madalena foram acordadas com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

A portaria proíbe a circulação de pessoas nas duas zonas entre as 20 e as 22 horas. Como em anos anteriores, a ZAE Vila Madalena abrange o quadrilátero formado pelas Ruas Wisard, Girassol, Inácio Pereira da Rocha, Morás e Simão Álvares.

No carnaval de 2019, a Prefeitura chegou a mudar o trajeto de dois blocos que passariam pelo Largo da Batata após tumultos e permanência do público durante horas após o encerramento dos desfiles.

Para este ano, o carnaval de rua oficial abrange os dias 15, 16, 22, 23, 24, 25 e 29 de fevereiro, com encerramento em 1º de março. Ao menos 796 desfiles estão confirmados.

A programação oficial ainda não está fechada, tanto que a gestão Bruno Covas (PSDB) anunciou na semana passada alterações nos trajetos dos blocos que desfiliariam na Avenida Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, zona oeste.

 

Confira 8 blocos de destaque que estreiam no carnaval de rua de São Paulo em 2020:

Bloco Abacaxi de Irará - zona oeste:

Proposta: repertório com canções do músico Tom Zé

Data: 29 de fevereiro (sábado)

Horário da concentração: 11 horas

Local de saída: Rua Dr. Homem de Melo, 952 - Perdizes

Bloco do Alok - zona sul:

Proposta: um dos DJs mais populares do mundo estreia no carnaval paulistano

Data: 22 de fevereiro (sábado)

Horário de concentração: 14 horas

Local de saída: Avenida Roque Petroni Júnior, 480 - Santo Amaro

Bloco Bahianidade - centro expandido:

Proposta: Denise Diniz canta axé, samba de roda e clássicos da música baiana

Data: 22 de fevereiro (sábado)

Horário de concentração: 12 horas

Local de saída: Rua Itapeva, 530 - Bela Vista

Bloco Família Spacial - zona norte:

Proposta: desfile voltado ao público infantil, com a temática Família Spacial

Data: 16 de fevereiro (domingo)

Horário: 13h30

Local de saída: Rua Chico Pontes, 1.580 - Vila Guilherme

Bloco Fora da Casinha - centro expandido:

Proposta: desfile voltado ao público infantil, com frevo, samba de roda, maracatu e ciranda

Data: 1º de março (domingo)

Horário: 9h30

Local de saída: Rua Major Sertório - Consolação

Bloco Forró do Provolone - centro expandido:

Proposta: repertório com forró pé de serra e música popular brasileira

Data: 29 de fevereiro (sábado)

Horário: 14 horas

Local de saída: Rua Major Sertório - Consolação

Bloco Unidos do K-Pop - zona sul:

Proposta: repertório com sucessos do pop coreano

Data: 1º de março (domingo)

Horário: 14 horas

Local de saída: Avenida Luiz Gomes Cardim Sangirardi - Vila Mariana

Kipá-rada Jewish Bloco - centro expandido:

Proposta: repertório mistura carnaval brasileira com cultura judaica

Data: 1º de março (domingo)

Horário: 15 horas

Local de saída: Rua Dr. Albuquerque Lins - Santa Cecília

Veja também:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade