0

Rosto de Michelangelo é descoberto em Basílica de Florença

Imagem foi encontrada em obra do italiano Giorgio Vasari

16 nov 2018
17h06
atualizado às 17h12
  • separator
  • 0
  • comentários

O rosto do artista Michelangelo Buonarroti (1475-1564) escondido sob o disfarce de Nicodemos foi descoberto durante o restauro do retábulo do pintor Giorgio Vasari (1511-1574) para o altar na Basílica de Santa Croce, em Florença.
    Na obra de Vasari, intitulada "Cristo encontra Verônica no caminho para o Calvário", datada de 1572, o rosto de Michelangelo é reconhecido pelo cabelo encaracolado e pelo perfil característico de seu nariz. Além de Michelangelo, a imagem do também pintor italiano, Rosso Fiorentino, foi encontrada escondida no retrato de Giuseppe D'Arimatea, usando uma touca vermelha. Conduzida por Maria Castellano, a restauração da pintura, que teve sua parte inferior danificada por uma enchente em 1966, foi realizada graças ao projeto de captação de recursos 'Em nome de Michelangelo", projetado pela Opera de Santa Croce desde setembro de 2017.
    A nova estrutura, que será aberta ao público no próximo dia 24 de novembro, foi apresentada nesta sexta-feira (16) pela presidente da Opera de Santa Croce, Irene Sanesi, junto com Anna Mitrano, do Fundo de Construções Religiosas (FEC) do ministério do Interior e da advogada norte-americana Donna Malin, representando doadores de todo o mundo. Pelo menos 127 representantes de 13 países fizeram doações para a reforma do retábulo e do túmulo monumental na Basílica.

Rosto de Michelangelo é descoberto em Basílica de Florença
Rosto de Michelangelo é descoberto em Basílica de Florença
Foto: Ansa / Ansa - Brasil
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade