PUBLICIDADE

Mural em Santos homenageia 150 anos da imigração italiana

Gênova também terá pintura que mencionará cidade brasileira

3 mar 2024 - 11h12
(atualizado às 11h39)
Compartilhar
Exibir comentários

A cidade de Santos, no litoral paulista, inaugurou no último sábado (2) um mural artístico que retrata a travessia oceânica de imigrantes italianos para o Brasil há 150 anos.

A obra está localizada na Rua Tuiuti, em frente ao futuro Parque Valongo, e foi revelada na presença do prefeito de Santos, Rogério Santos, do presidente da Fundação Museu Nacional da Emigração (MEI), Paolo Masini, e do vice-prefeito de Gênova, Pietro Piciocchi.

"A cultura é a melhor forma de unir as pessoas. Além de reunir Gênova e Santos neste mural e revitalizar a Região Central, estamos revivendo a história e preservando a memória dos imigrantes italianos em Santos", destacou o prefeito de Santos.

O mural, além de relembrar a épica história dos italianos que emigraram para o Brasil, eterniza a união entre as cidades de Santos e Gênova, que também iniciaram uma colaboração para se tornarem capitais mundiais da migração, promovendo o turismo de raízes.

A arte retrata a viagem dos emigrantes de Gênova ao exterior, com a "Lanterna" em primeiro plano, símbolo da cidade italiana que tem 77 metros de altura, sendo o farol mais alto do Mediterrâneo.

A obra, realizada no centro histórico de Santos no âmbito de um projeto de reabilitação urbana à beira-mar, intitula-se "Um Mar de Esperança".

A narrativa do mural se desenvolve em torno da figura de uma mulher que observa seu navio navegar de Gênova em direção a Santos. No centro da pintura são retratados os objetos simbólicos dos emigrantes, como malas, ramos de café e pássaros.

No quadrante esquerdo do mural, aparece a chegada à cidade brasileira. A curadoria e criação da obra são de responsabilidade da italiana Giulia Lavinia Lupo, formada em linguagens midiáticas e que atualmente colabora com o consulado italiano.

Durante a cerimônia de inauguração, o vice-prefeito de Gênova afirmou também que a cidade italiana também terá um mural dedicado aos 150 anos da imigração para o Brasil e destacou terá uma menção a Santos na sua área portuária.

Segundo Piciocchi, a iniciativa tem como objetivo reforçar as ligações culturais que as duas cidades têm.

Os projetos da geminação italiana - que torna Santos e Gênova cidades-irmãs, cujo termo foi assinado na última sexta (1º) - e da criação do mural surgiram durante reuniões de representantes da Prefeitura com a equipe da Società Italiana di Santos.  .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade