0

Arte e Cultura

Foto de batalha de raposas vence prêmio de natureza selvagem

Divulgação
14 out 2015
07h11
atualizado às 10h32
  • separator
  • comentários

O Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido, anunciou os ganhadores do prêmio 'Fotógrafo de Natureza Selvagem do Ano'.

O fotógrafo amador canadense Don Gutoski foi o grande ganhador com sua foto de uma raposa vermelha com o corpo ensanguentado de uma raposa do Ártico em sua boca.

A competição busca destacar cenas incríveis encontradas na natureza, com foco no comportamento de animais ou em paisagens sublimes.

Mais de 42 mil fotos foram enviadas de 96 países para competir em 18 categorias. Confira na galeria algumas da fotografias vencedoras em 2015.

O tcheco Ondrej Pelánek, de 12 anos, foi o "Jovem Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano" com esta imagem de uma briga entre pássaros.
O tcheco Ondrej Pelánek, de 12 anos, foi o "Jovem Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano" com esta imagem de uma briga entre pássaros.
Foto: Divulgação
O prêmio "Fotojornalista de Natureza Selvagem" foi para Joschinski por esta imagem de grandes felinos se apresentando em Guilin, na China.
O prêmio "Fotojornalista de Natureza Selvagem" foi para Joschinski por esta imagem de grandes felinos se apresentando em Guilin, na China.
Foto: Divulgação
Mais de 42 mil fotos foram enviadas de 96 países para competir em 18 categorias. Este clique de Edwin Giesbers de um tritão-de-crista na superfície de um rio foi a ganhadora na categoria "Anfíbios e Répteis".
Mais de 42 mil fotos foram enviadas de 96 países para competir em 18 categorias. Este clique de Edwin Giesbers de um tritão-de-crista na superfície de um rio foi a ganhadora na categoria "Anfíbios e Répteis".
Foto: Divulgação
Encontradas na natureza, com foco no comportamento de animais ou em paisagens. Jonathan Jagot venceu a categoria para fotógrafos com idades entre 15 e 17 anos com esta  bela imagem de guarás sobrevoando os Lençóis Maranhenses, no Brasil.
Encontradas na natureza, com foco no comportamento de animais ou em paisagens. Jonathan Jagot venceu a categoria para fotógrafos com idades entre 15 e 17 anos com esta bela imagem de guarás sobrevoando os Lençóis Maranhenses, no Brasil.
Foto: Divulgação
Todo ano, um casal de andorinhas-de-bando faz ninho em um velho depósito na fazenda de Juan Tapia no sul da Espanha. Ele criou esta foto após posicionar uma antiga pintura já danificada em uma das janelas e esperar até que um dos pássaros alçassem voo.
Todo ano, um casal de andorinhas-de-bando faz ninho em um velho depósito na fazenda de Juan Tapia no sul da Espanha. Ele criou esta foto após posicionar uma antiga pintura já danificada em uma das janelas e esperar até que um dos pássaros alçassem voo.
Foto: Divulgação
O Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido, anunciou os ganhadores do prêmio "Fotógrafo de Natureza Selvagem do Ano". O primeiro lugar na categoria 'Submarina' foi para Michael AW por seu registro de uma baleia passando por um cardume de sardinhas.
O Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido, anunciou os ganhadores do prêmio "Fotógrafo de Natureza Selvagem do Ano". O primeiro lugar na categoria 'Submarina' foi para Michael AW por seu registro de uma baleia passando por um cardume de sardinhas.
Foto: Divulgação
Falcões em uma área agrícola de Israel foram retratados nesta foto de Ben-Dov. "O sol saiu, e estes três pássaros se reuniram, e uma interação curiosa aconteceu: uma fêmea cutucou o macho com sua garra e voou para abrir espaço no galho para outra fêmea", diz o fotógrafo.
Falcões em uma área agrícola de Israel foram retratados nesta foto de Ben-Dov. "O sol saiu, e estes três pássaros se reuniram, e uma interação curiosa aconteceu: uma fêmea cutucou o macho com sua garra e voou para abrir espaço no galho para outra fêmea", diz o fotógrafo.
Foto: Divulgação
O Parque Natural de Baía de Cádiz, na costa da Espanha, foi retratado nesta imagem aérea chamada "A Arte das Algas".
O Parque Natural de Baía de Cádiz, na costa da Espanha, foi retratado nesta imagem aérea chamada "A Arte das Algas".
Foto: Divulgação
Richard Peters passou diversas noites, ao longo de vários meses, com suas lentes a postos em seu jardim na Inglaterra até fotografar a sombra de uma raposa.
Richard Peters passou diversas noites, ao longo de vários meses, com suas lentes a postos em seu jardim na Inglaterra até fotografar a sombra de uma raposa.
Foto: Divulgação

 

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade