PUBLICIDADE

Cielo Super Link dispensa maquininha e ajuda empreendedor

Transações podem ser feitas de forma rápida e segura, com o uso de cartão de débito, crédito ou boleto

Publicidade

Até o fim do ano passado, 52 milhões de brasileiros em idade produtiva estavam envolvidos com alguma atividade empresarial no país. São pessoas que tiraram as ideias do papel e arregaçaram as mangas para colocar seu negócio em prática.

Quando se fala em uma empresa, muita gente ainda imagina uma estrutura grande, com funcionários, folha de pagamento, e espaço para exposição dos produtos. Mas a realidade é que muita gente está tocando o negócio a partir da sua própria casa, vendendo pelo WhatsApp, pelas redes sociais, ou mesmo pelo celular.

Se é inegável que a tecnologia facilitou muito o contato entre as pessoas, muitos empresários se atrapalham no essencial, que é a forma de fazer a cobrança do seu produto ou serviço.

Foto: iStock

Foi pensando nisso que a Cielo, que está sempre ao lado de quem faz um negócio acontecer no país, oferece como uma das soluções o Cielo Super Link. Basta acessar o site da Cielo, fazer o cadastro, gerar um link de pagamento, compartilhar com o cliente, e receber o valor devido. Tudo isso também está disponível no app da empresa.

Quem recebe tem a comodidade de fazer uma negociação com a confiabilidade da Cielo e pode receber à distância, sem a necessidade de ter uma maquininha à mão ou ir até o cliente. O recurso oferecido pela Cielo é livre de taxa de adesão e mensalidade.

Para o cliente, existe a facilidade do uso de cartões de crédito, débito, pagamento parcelado ou mesmo por boleto. É ele quem escolhe. Para as vendas tradicionais, na presença do cliente, a Cielo tem maquininhas a partir de 12 x R$ 4,90. A empresa oferece soluções para todos os tipos de negócio.

Todas elas aceitam mais de 80 bandeiras, pagamentos no débito, crédito, crediário ou parcelado, e cartão refeição. Permitem ainda fazer recarga para celular, passam pagamentos por aproximação e ainda aceitam moeda estrangeira.

 

Fonte: VM   
Publicidade