PUBLICIDADE

X-Men matam e substituem membro fundador após 61 anos

X-Men matou um membro fundador, encerrando sua carreira heróica depois de sua corrupção com práticas vilanescas

1 abr 2024 - 22h00
(atualizado em 2/4/2024 às 12h45)
Compartilhar
Exibir comentários

Desde os anos 1990, o Fera vem perdendo o controle de seu lado sombrio e selvagem por conta de novas mutações grotescas. E sua versão como gênio cruel da realidade da saga Era do Apocalipse nos mostrou que Henry "Hank" McCoy tem uma forte inclinação a cair em tentação de se corromper com experimentações genéticas antiéticas para a concretização de uma visão perturbada de um mundo que possa controlar.

Foto: Marvel Comics / Canaltech

Atenção para spoilers de X-Force #50!

McCoy estreou em 1963 na primeira formação dos X-Men, e, mesmo depois de perder sua aparência humana após a primeira mutação, ele manteve sua sanidade e conhecimento sobre a genética dos Filhos do Átomo. Ele passou boa parte da vida sendo considerado um herói de coração puro e intenções pacíficas na pesquisa de descobertas sobre a evolução da humanidade e dos mutantes.

Mas, ao longo do tempo, o Fera foi se isolando de todos e mergulhando em experimentações bizarras que antes eram vistas somente nos laboratórios do Senhor Sinistro. E isso escalou de forma muito sombria a partir do início da Era Krakoana, em 2019, quando ele ganhou poder e autonomia da nova nação mutante para avançar com seus estudos enquanto chefiava um órgão semelhante à CIA. 

Fera clonou Wolverine e montou um grupo de Wolverines com danos mentais (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Fera clonou Wolverine e montou um grupo de Wolverines com danos mentais (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

Para ter uma ideia, logo no início dessa gestão, Fera liderou um ataque à nação teleflorônica Terra Verde e depois usou tecnologia vegetal para escravizar seus diplomatas. Ele interrogou e torturou seus companheiros heróis e até estabeleceu um laboratório na estação espacial onde poderia fazer experiências com alienígenas e mutantes presos.

Não bastasse esse degradê moral, Fera realmente cruzou um limite sem volta quando os membros da X-Force descobriram que ele estava clonando deliberadamente versões de Wolverine com danos cerebrais, transformando-as em armas vivas em seu novo grupo Weapons of X. Os membros do grupo se voltaram contra ele, e, como resposta, McCoy se tornou desonesto, estabelecendo uma série de sistemas de segurança para o futuro que teriam destruído a maior parte da vida na Terra.

Fera tem um substituto sem 40 anos de memórias

Wolverine já vinha caçando o Fera e destruindo seus clones bizarros, e, em X-Force #50, lançado recentemente, os X-Men presenciaram uma das ações mais perturbadoras desse McCoy maligno durante a luta contra os extremistas antimutantes da organização Orchis.

Fera usou uma bomba de buraco negro para prender todos os membros da espécie mutante em uma realidade de bolso, onde esperarão até que ele derrote pessoalmente Orchis. E, embora tenha se tornado um vilão desprezível, McCoy se sacrificou para salvar a X-Force e seu melhor amigo, o vingador Magnum, depois de os heróis terem danificado o dispositivo movido a energia nuclear.

No final ele até morreu com uma boa ação, ao se sacrificar para salvar a X-Force e Magnum (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
No final ele até morreu com uma boa ação, ao se sacrificar para salvar a X-Force e Magnum (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

O final trágico da queda do Fera só ganhou um momento de brilho quando a X-Force resgatou um clone do Fera que possui impressões armazenadas de suas memórias de quando trabalhava com os Defensores como ativista dos direitos dos mutantes. 

Como esse clone do Fera tem memórias apenas até sua trajetória mostrada em New Defenders #142, publicada em 1985, essa nova versão terá nada menos do que 40 anos de história removidas de sua vida.

A resolução para sua virada para o lado sombrio foi decadente, mas ainda guardou a esperança de os X-Men contarem com aquele Fera que todo mundo amava no passado. Vamos seguir acompanhando.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade