PUBLICIDADE

Operação de guerra: como a Kabum monta o PC de milhares de clientes

O Canaltech foi ao Centro de Distribuição do KaBuM! em Viana, no Espírito Santo, para conhecer e mega operação do Monte Seu PC. Confira

21 abr 2024 - 17h31
(atualizado em 22/4/2024 às 12h19)
Compartilhar
Exibir comentários

É na cidade de Viana, no Espírito Santo, que o KaBuM! mantém seu principal centro de distribuição para enviar peças para todo o país. Com foco no hardware e no gamer, mais de 400 mil pedidos são realizados por mês no site da companhia e cerca de 3,6 milhões de produtos são enviados para a casa dos consumidores anualmente.

Foto: Kabum! / Canaltech

Nessa super operação de guerra, o KaBuM! lançou em agosto de 2023 a ferramenta Monte Seu PC, disponível gratuitamente no site e aplicativo. Visando se tornar uma opção customizável para o cliente escolher as peças que quiser de maneira inteligente e com suporte especializado, toda a máquina é montada e instalada em uma área ao lado do galpão. Ainda relativamente pequena, mas importante, o Monte Seu PC deve representar mais de 3% do número total de expedições da empresa em 2024.

Para conhecer de perto essa batalha, o KaBuM! convidou o Canaltech para uma viagem no Centro de Distribuição em Viana, e após visitar quase 20 mil m² de área nos galpões, a estratégia dos Ninjas parece frutífera. Inclusive, a companhia abriu sua primeira loja física focada em produtos open box

Centro de Distribuição ninja

Por trás do site laranja e azul fica um galpão gigantesco no qual as cores de papelão se misturam com os coletes coloridos de cerca de 300 funcionários que fazem uma megaestrutura funcionar diariamente. Com corredores amplos e colunas de produtos quase que infinitas aos olhos, cerca de 1,2 milhões de itens são verticalizados nesse estoque massivo, desde telefones fixo para empresas até placas de vídeo de mais de R$ 20.000.

Todos os dias chegam mais de 23 mil peças no CD (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Todos os dias chegam mais de 23 mil peças no CD (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Foto: Canaltech

Tudo começa na chegada dos produtos através dos fornecedores, realizada majoritariamente por meio de importação. Inclusive, o Espírito Santo tem papel importante nisso. O estado oferece o incentivo fiscal necessário para manter a estrutura e deixar as contas em dia, além de facilitar a chegada de muitas cargas por conta da proximidade portuária.

Assim que os caminhões atracam nas docas do galpão, tudo é descarregado e checado, para então passar por um procedimento de abertura dos pacotes e a catalogação. Após a catalogação, os itens são embalados novamente para serem inseridos nas prateleiras mais altas ou imediatamente inseridos em caixas menores e abertas para poderem ser coletados rapidamente quando um pedido é feito.

Pedidos com muita demanda podem ficar pré-embalados nas prateleiras para reduzir o tempo de envio (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Pedidos com muita demanda podem ficar pré-embalados nas prateleiras para reduzir o tempo de envio (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Foto: Canaltech

Essas prateleiras enormes são divididas em duas partes. O nível mais baixo permite que qualquer pessoa autorizada colete os produtos com as mãos e sem esforço. Já o nível mais alto possui apenas as caixas totalmente embaladas e pesadas, que só podem ser trazidas ao chão com a ajuda de empilhadeiras. 

No momento em que um pedido é feito e aprovado pelo sistema, uma ordem de coleta é enviada a um funcionário. Essa pessoa, devidamente autorizada, se dirige aos corredores para encontrar e pegar os produtos selecionados. Após tudo ser coletado, o funcionário retorna com os produtos para outra região do galpão e os coloca separados para uma esteira levá-los até um tipo de caixa de supermercado, onde uma pessoa etiqueta, registra e passa para outra embalar em uma caixa ou sacola. 

Com os produtos embalados, eles são colocados em uma grande esteira, que automaticamente lê as etiquetas e envia os pacotes para as respectivas docas onde serão inseridos nos caminhões das transportadoras. De lá, os caminhões seguem para seus centros de distribuição para as encomendas serem entregues na casa dos clientes

Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech

Como é o Monte Seu PC? 

Diferente da operação tradicional, o Monte Seu PC possui sua estrutura primária em um galpão muito próximo ao CD da KaBuM!, facilitando o envio rápido de peças. Assim que as encomendas são registradas e empacotadas, o material é alocado numa região dentro do CD com caixas personalizadas e o logotipo do Monte Seu PC.

Com as remessas prontas, os pacotes são carregados para o complexo ao lado em poucos minutos e ficam dispostos de maneira organizada para a montagem. Esse processo é composto, geralmente, por duas pessoas: um assistente, que desembala e embala as peças, e um técnico responsável pela montagem da máquina.

Os computadores mais montados são do segmento de entrada (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Os computadores mais montados são do segmento de entrada (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Foto: Canaltech

No próprio processo de montagem, os técnicos já fazem testes preliminares para saber se há algum problema de funcionamento na máquina e instalar o Windows 10 Home na versão de avaliação. Após ser montado, o computador passa para uma segunda bancada para ser devidamente testado.

Os testes consistem em uma avaliação a respeito da montagem, compatibilidade total de peças, drivers, etc. Contudo, o teste principal consiste em estressar os componentes por meio do software OCCT da Cooler Master.

O benchmark trabalha ao estressar todos os núcleos do processador e placa de vídeo de maneira simultânea, elevando suas temperaturas a níveis bem altos.

Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
Foto: Canaltech

Dessa maneira, os técnicos conseguem ter uma clara noção se a máquina aguenta ou não os desafios práticos realizados pelo cliente. No entanto, não há uma métrica definida para cada produto, uma vez que cada CPU e GPU possui níveis de operação e limites térmicos diferentes.

Com tudo feito, a máquina é preenchida com um papelão maleável para evitar que as peças fiquem balançando ou sejam danificadas durante o transporte. Por fim, o PC é totalmente embalado e as caixinhas de cada componente também são enviadas para a transportadora realizar a entrega em seguida. 

Controle de match das peças 

Já na própria página do Monte Seu PC, o algoritmo responsável pela ferramenta sabe distinguir quais peças são compatíveis com as demais. Por exemplo, não é possível comprar um processador AMD e tentar adquirir uma placa-mãe com chipset Intel, uma vez que o sistema entenderá a incompatibilidade e mostrará apenas opções suportadas ao cliente.

A equipe alerta que pode haver divergências entre peças que passam pelo sistema do Monte Seu PC, como uma placa de vídeo grande demais para o gabinete escolhido. Outra situação se dá pelo dimensionamento e bom senso, como um usuário escolher um cooler fraco demais para um processador esquentado.

Em casos como esses, os próprios técnicos encontrarão o obstáculo e o time do KaBuM! entrará em contato com o cliente, sugerindo algum tipo de alteração que faça sentido. Mediante ao aceite, a equipe retorna para a montagem da máquina. 

O Monte Seu PC também permite inserir periféricos e softwares (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
O Monte Seu PC também permite inserir periféricos e softwares (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Foto: Canaltech

Customiza: o coração da montagem 

Por mais que a ferramenta do Monte Seu PC esteja atrelada ao site do KaBuM! e ocorra nas dependências da companhia, é outra empresa que faz o processo de montagem dos computadores. Fundada nos anos 2000 e com experiência no setor de logística reversa para projetos especiais, a Customiza foi convidada pela KaBuM! para prestar esses serviços de montagem e checagem de peças.

Por conta da proximidade de poucos metros entre o Centro de Distribuição e o complexo da Customiza, o tempo entre o pedido e a montagem leva em torno de 48 horas para acontecer. Para o gerente-geral da Customiza, Wagney Junqueira, o projeto é uma realização de sonhos para os compradores.

"A gente trata cada máquina como um sonho do cliente. Muitas pessoas juntam dinheiro por muito tempo para comprar uma máquina dessas. Então é por isso que a Customiza não considera que está entregando um produto, pois entregamos sonhos.", comenta Junqueira.

Montagem longa, prazos curtos 

Junto ao tempo estimado de envio do computador quando a máquina é comprada, a equipe do KaBuM! e Customiza têm exatas 48 horas para realizar a montagem e enviar o produto funcionando para a transportadora. 

Contudo, esse prazo pode aumentar em determinadas situações. Peças incompatíveis ou que não façam sentido na montagem, e a compra e cadastro de outros componentes pode afetar esse tempo. 

Monte Seu PC tem projeções fortes 

Dados da Customiza apontam que mais de 100 máquinas são montadas diariamente nas instalações da empresa. De agosto de 2023 até este mês, cerca de 10.700 computadores foram montados, mas o time espera que aproximadamente 20 mil PCs sejam montados por ano.

Na montagem, todos os técnicos usam pulseiras antiestática para evitar danificar as peças (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Na montagem, todos os técnicos usam pulseiras antiestática para evitar danificar as peças (Imagem: Felipe Vidal/Canaltech)
Foto: Canaltech

Com a expectativa de crescer mais de 3% na fatia total do KaBuM!, o Monte Seu PC deve dar passos largos em direção ao futuro. Fabiano Ferreira, diretor de logística da empresa, ressalta a evolução rápida do recurso e projeta um aumento de vendas para o Mega Maio, promoção tipicamente realizada no mês em questão com grandes descontos.

"A gente tem expectativas altas para o Mega Maio. Queremos produzir mais de 3 mil máquinas dentro dessa operação.", diz Fabiano Ferreira, diretor de logística do KaBuM!.

IA e o futuro das montagens de PC

Apesar dos bons números e o crescimento da ferramenta, o time do KaBuM! espera colher mais frutos em breve. O próximo passo no Monte Seu PC é a implementação de uma inteligência artificial de ponta para auxiliar o usuário. Bruno Chamas, head de marketing, aponta que essa IA já está aprendendo com o site, mas o caminho ainda é longo.

"A IA já está em testes e será uma forma de ajudar a tirar dúvidas dos clientes. Essa ferramenta só tem a evoluir e é uma grande aposta de negócio e de gerar uma melhor experiência para a nossa comunidade", ressalta Chamas.

Com a IA, o Monte Seu PC deve ganhar perfis de uso e segmento. Por exemplo, a página indicará sugestões de peças para usuários que preferem uma abordagem mais econômica e custo-benefício, ou componentes mais caros para um computador topo de linha. O mesmo deve acontecer com games, já que há a vontade de inserir recomendações de peças para rodar determinados jogos. 

*O jornalista viajou à Viana, no Espírito Santo, a convite da KaBuM!. 

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade