PUBLICIDADE

Meta precisa esclarecer medidas contra abuso sexual infantil até 22 de dezembro, diz UE

1 dez 2023 - 10h47
Compartilhar
Exibir comentários

A Meta foi informada pelos órgãos reguladores de tecnologia da União Europeia nesta sexta-feira de que precisa fornecer mais detalhes sobre medidas tomadas para combater o material de abuso sexual infantil no Instagram até 22 de dezembro ou corre risco de uma investigação formal sob as novas regras de conteúdo online da UE.

Em outubro, a Comissão Europeia enviou uma primeira solicitação de informações sobre medidas tomadas para combater a disseminação de conteúdo terrorista e violento, e uma segunda, no mês passado, sobre medidas para proteger menores de idade.

"Também são solicitadas informações sobre o sistema de recomendação do Instagram e a amplificação de conteúdo potencialmente prejudicial", disse a Comissão Europeia em um comunicado sobre sua última consulta.

A solicitação de informações foi feita de acordo com a Lei de Serviços Digitais da UE (DSA), novas regras tecnológicas que exigem que as grandes empresas de tecnologia façam mais para policiar conteúdo ilegal e prejudicial em suas plataformas.

O não cumprimento de tais solicitações pode levar a uma investigação formal e até mesmo a multas.

O TikTok, do conglomerado chinês ByteDance, e o X, de Elon Musk, também receberam solicitações de informações semelhantes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade