PUBLICIDADE

Vladmir Komarov: as últimas palavras do cosmonauta que caiu do céu

O cosmonauta Vladimir Komarov perdeu sua vida em um voo comemorativo dos 50 anos da União Soviética. Saiba mais sobre o incidente

2 mar 2024 - 08h00
(atualizado em 3/3/2024 às 15h57)
Compartilhar
Exibir comentários

Vladimir Komarov foi um dos melhores pilotos de testes da União Soviética, mas acabou popularmente conhecido como "o homem que caiu do espaço". O motivo? É que, durante as celebrações do 50º aniversário da União Soviética, Komarov participou de uma missão que teve desfecho fatal. 

Foto: Domínio público / Canaltech

As comemorações do bloco aconteceram em 1967. Muitas delas foram feitas em solo, mas algumas incluíram também uma missão espacial. A ideia era enviar duas espaçonaves à órbita da Terra: uma era a Soyuz-1, com Komarov a bordo; a segunda era a Soyuz-2, que chegaria no dia seguinte com outro cosmonauta.

O objetivo era que as duas espaçonaves se encontrassem. Depois, Komarov deixaria a Soyuz-1, faria uma caminhada espacial e iria para a Soyuz-2, enquanto um dos cosmonautas da 2 iria para a 1, e então, ambas as espaçonaves voltariam à Terra. 

O problema, no entanto, é que havia uma série de falhas no plano. No livro Starman: The Truth Behind the Legend of Yuri Gagarin, o jornalista de ciências Piers Bizony e o produtor Jamie Doran relatam que, quando Gagarin e outros técnicos inspecionaram a espaçonave, encontraram mais de 200 falhas estruturais.

Alguns deles eram tão graves que colocariam a missão em risco, se a espaçonave fosse para o espaço. Apesar de um relatório de 10 páginas ter sido escrito indicando cada um dos problemas, não houve mudanças. 

Na obra, os autores afirmam que amigos de Komarov tentaram convencê-lo a se recusar a voar na espaçonave. Entretanto, o cosmonauta sabia que, se recusasse a missão, Gagarin iria no lugar dele — e, ciente dos grandes riscos envolvidos, Komarov manteve sua decisão.

Placa na Lua homenageando astronautas falecidos, incluindo Komarov (Imagem: Domínio público via NASA/Wikimedia Commons)
Placa na Lua homenageando astronautas falecidos, incluindo Komarov (Imagem: Domínio público via NASA/Wikimedia Commons)
Foto: Canaltech

No fim das contas, Komarov foi ao espaço, e não demorou muito até os problemas começarem: os painéis solares da nave não se abriram e ela ficou com pouca energia para suas operações. Ele recebeu ordens para retornar, mas a cápsula começou a girar e Komarov perdeu o controle dela. 

Como resultado, a espaçonave caiu no solo com força comparável à de um meteorito de 2,8 toneladas. Segundo o livro, detectores nos Estados Unidos captaram as últimas palavras de Komarov, que teriam sido "Esta maldita nave! Nada em que coloco minhas mãos funciona direito", junto de gritos de raiva. 

Já os registros soviéticos oficiais relatam que Komarov teria dito que "se sentia excelente, tudo estava em ordem". Depois, acrescentou: "Obrigado por transmitir tudo isso. [A separação] ocorreu".

No vídeo abaixo, você escuta as últimas palavras de Komarov (em russo), traduzidas para o inglês:

Fonte: IFLScience

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade