PUBLICIDADE

Foto do James Webb sugere que estrela jovem não está sozinha

O telescópio James Webb observou HH 797, uma região brilhante cercando uma estrela jovem. Os jatos expelidos pelo objeto indicam que ali há duas protoestrelas

28 nov 2023 - 12h58
(atualizado às 16h58)
Compartilhar
Exibir comentários

A Agência Espacial Europeia publicou nesta terça-feira (28) uma foto do objeto Herbig Haro 797, registrado pelo telescópio James Webb. Estes objetos são regiões brilhantes ao redor de estrelas jovens, e se formam quando seus ventos e jatos colidem com poeira e gases próximos.

O HH 797 domina a parte inferior da imagem, e aparece próximo do aglomerado estelar IC 348. Na parte superior, há dois objetos brilhantes no infravermelho que parecem abrigar duas protoestrelas.

Objeto HH 797 em foto do James Webb (Imagem: Reprodução/ESA/Webb, NASA & CSA, T. Ray (Dublin Institute for Advanced Studies)
Objeto HH 797 em foto do James Webb (Imagem: Reprodução/ESA/Webb, NASA & CSA, T. Ray (Dublin Institute for Advanced Studies)
Foto: Canaltech

Através de observações com instrumentos em solo, pesquisadores descobriram as diferenças de movimento no gás molecular frio associado ao HH 797, e identificaram também um gradiente disperso pelo fluxo.

Com a alta resolução da nova imagem, eles suspeitam que os fluxos tenham não só uma origem, mas sim duas; portanto, isso significa que eles vêm de um par de estrelas, sendo que cada uma produz suas próprias emissões de matéria.

Esta foto foi feita com o instrumento NIRCam, que captura o infravermelho próximo. Como a luz infravermelha consegue atravessar a cobertura de gás e poeira que cerca estas estrelas, os objetos Herbig-Haro são alvos excelentes para observações com o Webb.

As condições turbulentas na região fazem com que o hidrogênio molecular, monóxido de carbono e outras moléculas emitam luz infravermelha. Ao observá-la com o Webb, os cientistas podem visualizar a estrutura dos fluxos e entender melhor os processos por trás da formação deles.

Este não foi o primeiro objeto Herbig-Haro observado pelo Webb. Em julho, a NASA divulgou uma foto dos objetos HH 46 e 47, encontrados a mais de 1.400 anos-luz da Terra e também observados pelo Webb. A nova imagem revelou mais sobre as atividades destas estrelas jovens e o que existe no envelope de poeira que as envolve.

Fonte: ESAWebb

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade