PUBLICIDADE

Veja as cidades mais atrativas para veganos no mundo

Antigamente não era tão comum encontrar restaurantes veganos e produtos sem nada de origem animal, mas isso está mudando.

11 jul 2023 - 05h00
(atualizado às 08h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Globo Terrestre
Globo Terrestre
Foto: CanvaPro

Ao decide cortar os produtos de origem animal e ter uma alimentação à base de vegetais, dependendo de onde você estiver, algumas dificuldades podem aparecer, como encontrar lugares para comer fora de casa e produtos mais acessíveis e rápidos. Mas isso está mudando, e as opções sem nada de origem animal tem surgido diariamente em diversos lugares do mundo.

Existem países onde o veganismo já está muito bem consolidado e as opções sem nada de origem animal são encontradas com facilidade, o melhor exemplo é a Inglaterra, local onde o termo vegano foi criado, em 1944. Em outros países, até mesmo da Europa, é possível que veganos encontrem alguma dificuldade em comer fora ou encontrar produtos em supermercados. O importante é que as opções estão surgindo, seja estabelecimentos ou produtos alternativos.  

Ao falarmos sobre mudanças de consumo, principalmente alimentar, é importante debatermos esse assunto por meio de uma perspectiva geográfica. Assim, não podemos deixar de mencionar o impacto cultural, o clima da região, os tipos de alimentos cultivados, a estrutura econômica, tudo isso precisa ser considerado.

Pensando em viajantes veganos, quais seriam as cidades mais atrativas, que poderiam oferecer mais facilidade em termos de alimentação? Vamos apontar algumas cidades em diferentes continentes e mostrar o porque elas podem ser atrativas aos veganos. É interessante pontuar que essas são cidades com produtos e lojas veganas que podem promover uma experiência legal, mas não significa que são as cidades com mais veganos no mundo.

Além disso, precisamos entender a alimentação vegana muito além de produtos e restaurantes. Se enxergamos a alimentação vegana com base em produtos básicos do dia a dia, vamos ver que em qualquer cidade é possível ter grande disponibilidade de alimentos vegetais. 

Berlin na Alemanha

A cidade alemã tem um mercado chamado Veganz, o primeiro mercado vegano da Europa. Além disso, a cidade conta com uma rua chamada Schivelbeiner Str. nessa rua você vai encontrar mais de 16 restaurantes veganos, cafés, lojas de roupas e calçados. Nessa rua tudo é vegano. Berlim, com uma rua destinada aos veganos, sem dúvida está no topo das principais cidades mais atrativas para veganos no mundo.

Londres na Inglaterra

Londres é uma cidade muito atrativa para veganos. Além de ter o primeiro mercado de frango vegetal, a cidade conta com diversos estabelecimentos veganos. E há muitas opções em restaurantes que não são veganos, mas aptos para veganos, pois contam com uma abundância de opções vegetais. Além do mais, é possível encontrar lojas de calçados, roupas e maquiagens que não exploram animais com muita facilidade.  

Portland nos Estados Unidos 

Portland é considerada a melhor cidade dos Estados Unidos para veganos. Para chegar a tal conclusão foram utilizados alguns critérios, que envolveram qualidade associada ao veganismo, sustentabilidade, diversidade e acessibilidade.

Ao todo 17 indicadores foram utilizados. A quantidade de opções sem ingredientes de origem animal também foi considerada. Então, em termos de opção e acessibilidade, essa é uma cidade bastante atrativa para veganos.

Tubingen na Alemanha

Tubinga é uma cidade bastante interessante. Essa cidade que fica na porção sudoeste da Alemanha já foi processada pelo McDonald 's por iniciar uma política pública para diminuir a utilização de embalagens descartáveis. 

Com certeza, Tubinga é uma cidade muito atrativa para os veganos. Nessa cidade você vai encontrar muitos restaurantes que vendem alimentos sem nada de origem animal de diversos tipos, desde comida árabe até comidas mais tradicionais, também é possível encontrar cafeterias veganas.

Tel Aviv em Israel

Tel Aviv é uma cidade contraditória quando o assunto é veganismo e direitos humanos. Embora a cidade seja bastante atrativa para veganos, por conta das opções, a cidade tem sérios problemas com os direitos humanos.

Podemos mencionar a importância da cidade em termos de veganismo, mas jamais deixaremos de falar sobre a sua conduta em relação aos direitos humanos. Porque de nada adianta ter milhares de opções veganas, os animais sendo protegidos, e os humanos tratados de maneira abusiva.

Uma cidade que se considera vegana e ambientalista, tem a obrigação de além de ser respeitosa com os animais, ter uma relação justa com todos os seres humanos, sobretudo com os mais vulneráveis socialmente.

Vegano Periférico Leonardo e Eduardo dos Santos são irmãos gêmeos, nascidos e criados na periferia de Campinas, interior de São Paulo. São midiativistas da Vegano Periférico, um movimento e coletivo que começou como uma conta do Instagram em outubro de 2017. Atuam pelos direitos humanos e direitos animais por meio da luta inclusiva e acessível, e nos seus canais de comunicação abordam temas como autonomia alimentar, reforma agrária, justiça social e meio ambiente.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade