1 evento ao vivo

Morre John McCarthy, especialista em inteligência artificial

25 out 2011
11h13
atualizado às 11h15

John McCarthy, criador do termo "inteligência artificial" (IA), faleceu nesta segunda-feira, aos 84 anos, de acordo com comunicado da Universidade de Stanford, onde era professor há quase 40 anos. O pioneirismo do matemático data de 1956, quando organizou a Conferência de Verão de Dratmouth sobre Inteligência Artificial, ocasião em que a expressão nasceu, segundo a Wired.

Matemático criou o temo em 1956 e dois anos mais tarde foi responsável pela criação da linguagem de programação Lisp
Matemático criou o temo em 1956 e dois anos mais tarde foi responsável pela criação da linguagem de programação Lisp
Foto: Wikimedia Commons / Reprodução

Dois anos mais tarde, quando estava no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), criou a linguagem de programação Lisp (List Processing), uma das mais antigas e mais usadas em IA. "Ele realmente entendeu o que a computação significa", opina o diretor de pesquisas do Google, Peter Norvig, em entrevista à Wired, apontando linguagens como o JavaScript como sucessoras da Lisp.

A lista de contribuições de McCarthy à inteligência artificial ainda incluem a criação de laboratórios de pesquisa do ramo no MIT e na Universidade de Stanford. Além das duas instituições de ensino, o matemático também foi professor na universidades de Princeton, e coleciona prêmios como a Medalha Nacional de Ciências americana, que recebeu em 1991. Neste ano, entrou para o hall da fama do IEEE Sistemas Inteligentes graças a suas "contribuições significantes ao campo de IA".

Fonte: Terra
publicidade