0

Ceará: famílias são retiradas de casa por risco em barragem

Por conta das fortes chuvas na região na última semana, uma parede do reservatório cedeu

17 mar 2019
10h22
atualizado às 11h45
  • separator
  • comentários

Na noite deste sábado, os moradores do entorno da barragem Granjeiro, em Ubajara, no Ceará, foram retiradas de casa em prevenção para o risco de rompimento da represa, alertado pela Defesa Civil no dia 11 de março. Por conta das fortes chuvas na região, uma parede do reservatório cedeu, gerando uma cratera e o risco de rompimento total. O trabalho foi conduzido com a ajuda de agentes voluntários e do Corpo de Bombeiros.

Agentes trabalham nos reparos do açude Granjeiro, em Ubajara, no Ceará
Agentes trabalham nos reparos do açude Granjeiro, em Ubajara, no Ceará
Foto: Reprodução/Facebook/UbajaraEleicoes2016 / Estadão Conteúdo

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito da cidade, Rene Vasconcelos, afirmou que o risco de rompimento é mínimo. "Queremos trabalhar com 0% de risco e, para isso acontecer, todos os cidadãos devem obedecer à ordem da Defesa Civil e da Agência Nacional das Águas", ressaltou o prefeito, referindo-se à ordem de evacuação.

Enquanto uma parcela das famílias se deslocou para a casa de parentes, outros buscaram atendimento no Santuário da Mãe Rainha, no bairro São Sebastião, onde um abrigo provisório foi instalado para amparar a população.

Ainda segundo o prefeito, um novo sangradouro está sendo construído com o objetivo de diminuir a cota do açude Granjeiro, no mínimo, pela metade. Ainda não há previsão para a conclusão da obra. Estima-se que pelo menos duas mil pessoas tenham sido afetadas pelo alerta.

 

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade