PUBLICIDADE

Caçula de Lula é denunciado por violência contra companheira

Natália Schincariol fez BO contra Luís Cláudio Lula da Silva

2 abr 2024 - 19h09
(atualizado em 3/4/2024 às 09h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Instagram/@luisclaudioluladasilva

O filho mais novo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Luís Cláudio Lula da Silva, foi acusado de violência doméstica nesta terça-feira (2) pela ex-companheira.

A médica Natália Schincariol, de 29 anos, registrou um boletim de ocorrência contra Luís Cláudio, de 39, na Delegacia da Mulher em São Paulo.

A informação foi publicada pelo portal Metrópoles, que teve acesso ao documento.

Ela prestou depoimento por videoconferência e obteve medidas protetivas. O casal manteve uma união estável por cerca de dois anos.

Segundo o BO, Natália relatou ter sido vítima de agressões "de natureza física, verbal, psicológica e moral", e citou especificamente "uma cotovelada na barriga" em uma briga em janeiro passado.

Segundo ela, o golpe ocorreu quando ele se recusou a devolver o celular dela, em uma discussão a respeito de traições por parte dele.

Ela relatou ter sido afastada do trabalho "devido ao trauma causado pelas agressões", e "hospitalizada com crises de ansiedade". Schincariol ainda relatou ter sido ameaçada e ofendida, chamada de "doente mental", "vagabunda" e "louca".

A médica afirmou que o filho caçula do presidente se relacionou sexualmente com outras mulheres sem proteção, que chegava em casa embriagado e que teria sido manipulada para não denunciar as agressões, já que o então companheiro teria "influência".

Luís Cláudio Lula da Silva ainda não se manifestou sobre o caso. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade