PUBLICIDADE

Upscaling do PlayStation 5 Pro será realizado na GPU, aponta rumor

Rumor sugere que upscaling nativo do PlayStation 5 Pro será realizado pela GPU, pois APU do console não possui NPU para atividades de IA; confira

28 fev 2024 - 17h27
(atualizado às 19h42)
Compartilhar
Exibir comentários

O upscaling nativo do PlayStation 5 Pro, funcionalidade que surgiu em vazamento recente de Marvel's Wolverine, precisará ser executado na GPU do console, segundo rumor. O leaker Kepler comentou em seu perfil que a APU baseada no SoC Viola ainda manterá a arquitetura Zen2 sem NPU dedicada, forçando o sistema a utilizar uma evolução da iGPU embarcada para executar o escalonamento de texturas auxiliado por IA.

Foto: Triyansh Gill/Unplash / Canaltech

Ao que tudo indica, a funcionalidade de upscaling via IA é a principal inovação do PS5 Pro, podendo permitir rodar jogos em 4K a 120 FPS, algo bastante complexo mesmo em PCs gamer. Até o momento, a informação não foi confirmada pela Sony, AMD ou publicadoras de jogos, mas caso a janela de lançamento seja, de fato, já em 2024, dados oficiais devem começar a ser liberados em breve.

FSR com IA

Diferente da NVIDIA, que já utiliza ferramentas de IA em todos os seus produtos com núcleos Tensor, o escalonamento da AMD opera de maneira um pouco diferente, utilizando filtros de nitidez. Dessa forma, implementar um upscaling com IA, como supostamente será o caso do PS5 Pro, implica em desenvolver a tecnologia compatível.

Como a arquitetura da APU ainda se baseia em Zen 2, desenvolver um coprocessador dedicado para inserir capacidades de IA na nova plataforma não é uma tarefa trivial, principalmente considerando que a especialidade da Sony não é o hardware bruto. Dessa forma, seria quase obrigatório estabelecer uma parceria com a AMD para criar uma solução capaz de rodar tarefas de IA na GPU.

Mesmo que o produto final seja um chip auxiliar, na prática, ele deve apenas operar como um coprocessador com instruções específicas que, por sua natureza de IA, podem inclusive já estar incorporadas nas novas APUs Hawk Point e Strix Point. Sendo assim, o investimento conjunto pode ser uma boa estratégia de acelerar a evolução do FSR para, finalmente, implementar IA às soluções de upscaling da AMD.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade