PUBLICIDADE
AO VIVO
Torcedores que atacaram Vini Jr. são condenados à prisão na Espanha

Revelado o motivo de a Sony lançar o PlayStation 5 Pro

Ex-desenvolvedor sugere que PlayStation 5 Pro foi criado para auxiliar devs a implementar melhorias em seus jogos, facilitando transição para o PlayStation 6

4 abr 2024 - 17h15
(atualizado em 11/4/2024 às 14h58)
Compartilhar
Exibir comentários

Sengundo Hal Bouma, ex-desenvolvedor da Bethesda, o foco do PlayStation 5 Pro não é entregar mais desempenho bruto para jogos dessa geração. Considerando a atual relação da Sony com os estúdios, o PS5 Pro foi criado para auxiliar desenvolvedores a implementar melhorias em projetos em andamento, servindo como um dev kit de transição para o PlayStation 6.

Foto: Triyansh Gill/Unplash / Canaltech

O desenvolvedor veterano participou da última edição do podcast Moore's Law is Dead, onde trouxe a sua percepção sobre o que teria levado a Sony a lançar um console de meio de geração.

Isso porque, ainda segundo Bouma, o PS5 Pro não oferece tanto desempenho real a ponto de justificar um produto comercial. Contudo, introduzir as ferramentas de upscaling, por exemplo, exige uma curva de aprendizado, e o novo console é uma alternativa eficiente e relativamente barata de auxiliar desenvolvedores nesse processo.

Acelerando lançamentos next-gen

Uma das maiores críticas dos gamers durante a janela de lançamento dos consoles atuais foi, justamente, a demora para muitos jogos cross-gen receberem suas versões melhoradas. Em alguns casos, os upgrades, além de pagos, demoraram mais de um ano para serem lançados.

Ao que tudo indica, a Sony parece ter feito o dever de casa e entendido que isso pode ser prejudicial, nem tanto para os números de vendas, mas para a percepção da marca. Muito disso está relacionado diretamente aos ciclos de desenvolvimento longos dos jogos modernos, que raramente levam menos de 4 anos para ficarem prontos.

Além disso, deslocar times para trabalhar em otimizações com novas tecnologias raramente será uma prioridade para os estúdios, especialmente quando isso envolve aprender a lidar com novas ferramentas.

Vale ressaltar que a indústria de games está direcionando seus esforços de desenvolvimento para utilizar ferramentas de IA em até 10 anos. Sendo assim, é preciso que os desenvolvedores comecem a trabalhar com novas ferramentas o mais rápido possível.

Dessa forma, lançar um console de meio de geração serve a dois propósitos principais: capitalizar minimamente o investimento nessa ferramenta de transição de desenvolvimento, mas também avaliar em um cenário real o impacto e a recepção dessas novas tecnologias, além de já gerar feedback do que precisa ser melhorado.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade